Depoimento dos aprovados PM PI 2017 – 2º lugar é nosso! || Alfacon

Josuer Saraiva e Silva Júniorcapa_depoimento_pm_pi

Colocação: 2º lugar
Cidade/Estado: Oeiras-PI
Idade: 20 anos

Por que decidiu estudar para concurso público?

”Na verdade meu sonho, desde criança, sempre foi ser Policial Militar. Meu pai é militar, sempre tive a polícia, mais especificadamente a Polícia Militar, dentro da minha casa.
Esta sempre foi minha motivação, nasci para ser Policial Militar. Porém isso não é uma cláusula pétrea que nasceu comigo, eu não nasci apto à profissão, tive que me esforçar, estudar, me dedicar, manter o foco assim como concurseiro profissional tem que fazer.
Nesse percurso a ajuda do Alfacon foi extremamente fundamental, muito obrigado a todos vocês!”

Quanto à sua preparação, por quanto tempo estudou até conquistar esta aprovação? Como era sua rotina de estudo? Se dedicou mais a algum conteúdo ou disciplina específicos? Por quê? Como foi sua experiência? Dedicava mais tempo às básicas ou específicas, ou dividia de igual para igual?

”Foram oito meses de preparação, tive que me dedicar bem a parte específica mas tive que ficar excelente mesmo na parte básica, pois foi o que diferenciou na hora da aprovação, 70% dos candidatos acertaram todas as questões do específico, porém deixaram a desejar o básico.
Eu tinha uma rotina relativamente suave de estudos, eram 4 horas de estudo pela manhã e 5 pela tarde, tentava também conciliar uma rotina de exercícios físicos e boa alimentação.”

Você apenas estudava para concurso ou precisava conciliar os estudos com trabalho? Como fazia para conciliar?

”Tive que abdicar de saídas com amigos, larguei o trabalho, tranquei a faculdade e deixei um pouco minha namorada de lado.”

Você estudou com quais materiais? Seus materiais e aulas tinham todo o conteúdo necessário para conseguir a aprovação?

”80% do material que eu ultilizava era do Alfacon, os outros 20% eram materiais impressos que eu conseguia, imprimia algumas coisas da internet.
Eu diria que não achei necessário buscar em outras fontes.”

Você esteve motivado durante todo o período e preparação? Pensou em desistir? O que o desmotivou? O que o manteve ou o fez voltar a ficar motivado com os estudos?

”Claro que não, é muito difícil manter a motivação 100% a todo momento, mas tinha meus incentivos. Comecei a ter amizades com amigos que já eram Policiais Militares, Policiais Rodoviários Federais e outros concursados. O impressionante é que todos eles diziam a mesma coisa: Cara, é difícil mesmo, se fosse fácil não seria bom. Mantenha o foco, não desanime, no final vai ser extremamente recompensador.
Eu acho de suma importância ao concurseiro tentar manter amizades com pessoas que já passaram pelo mesmo tipo de dificuldades e conseguiram vencer. Todas essas pessoas, absolutamente todas essas pessoas, vão incentivá-lo e colocá-lo para cima.”

Durante a preparação, sabemos que é preciso abrir mão de muita coisa, amigos, família, festas, enfim… como foi este período para você? Abdicou de muita coisa? Pode dar exemplos? Como foi passar por isso?

”Claro! Abdiquei de vários amigos, namorada, reuniões de família e várias outras coisas que poderiam atrapalhar. Até meu trabalho e minha faculdade eu deixei, não me arrependo por um só segundo. Hoje eu voltei para a faculdade, quero terminar o ensino superior e continuar estudando para concursos públicos (na minha área).”

Você é casado, namora, mora com os pais? Sua família, amigos ou as pessoas que são próximas aceitaram essa sua rotina de estudos? Apoiaram? Teve alguém que acabou se distanciando?

”Tenho namorada, moro com minha mãe. Meus amigos não entenderam minha nova vida e todos se afastaram, apenas três, que são primos e também tinham o mesmo objetivo se mantiveram por perto. Só minha mãe, namorada, irmã e três primos me apoiaram, esses são essenciais pra mim!”

Você tentou outros concursos públicos antes dessa aprovação? Tentou fazer outras provas apenas para treinar? Como foi a sua experiência?

”Esse foi meu primeiro concurso público, fiquei muito feliz com o resultado. Como se tratava do meu sonho de criança não tive muita dificuldade em manter a disciplina.”

Começou a estudar com edital aberto? Caso não tenha sido este o caso, como foi para se manter motivado mesmo sem edital previsto?

”Não, eu só ouvia rumores de previsão do edital.
É como falei, eu me inseri no meio de pessoas que já tinham passado pela mesma dificuldade e eles me ajudaram a manter minha motivação.”

Como conheceu o AlfaCon?

”Conheci pelas questões, depois fui explorando o site e vendo as aulas.”

De que forma o AlfaCon te ajudou nessa jornada?
”Com as questões que disponibilizam no site, muito material excelente e as palestras motivacionais do Evandro Guedes. Esse cara é sensacional!”

Você utilizava alguma técnica específica para aprender e memorizar o conteúdo? Pode compartilhar suas técnicas com a gente?

”Sem muito segredo, a melhor forma de estudar é a que você acha que aprende bem. Minha melhor forma era estudar e fazer resumos, revisões e separar um período específico para questões, simulados também são de suma importância.”

Qual foi a maior dificuldade que enfrentou no período em que estudou?

”Meu problema com matemática, essa foi a dificuldade.”

O que fez para superar esses obstáculos?

”Enfiei na minha cabeça que tudo é possível e que eu sou capaz.”

Quando o concurso se aproxima sabemos que é difícil controlar a ansiedade, nervosismo e até mesmo insegurança. Como foi pra você? Como superou? Potencializou o estudo nos últimos dias ou tentou relaxar um pouco?

”Concurso público é uma maratona, você tem que manter o ritmo sem exagerar em nada.”

O que você acredita que tenha sido realmente efetivo na sua preparação? Houve falha? Onde acredita que tenha falhado?

”O que foi realmente efetivo foi minha vontade de não parar mesmo depois de ter falhado, seja depois daquele simulado que eu não mandei bem, seja naquela matéria que eu não consigo assimilar, enfim.”

Para finalizar, qual dica você deixaria para aqueles que estão nessa caminhada rumo à aprovação e pensam em desistir?

”Não desista, conheça a você mesmo, saiba exatamente quem você é e onde você quer chegar, quem você quer se tornar. O primeiro passo é traçar uma meta, depois é caminhar naquela meta mas é caminhar reto! Sem desviar. Uma hora você vai chegar pois a estrada não é infinita.”


 

Heitor Martins Cabral

Colocação: 9º lugar
Cidade/Estado: Teresina/Piauí
Idade: 23 anos

Por que decidiu estudar para concurso público?

”Por ser a melhor oportunidade de obter estabilidade e, assim, tranquilidade financeira para seguir com meus projetos de vida.”

Quanto à sua preparação, por quanto tempo estudou até conquistar esta aprovação? Como era sua rotina de estudo? Se dedicou mais a algum conteúdo ou disciplina específicos? Por quê? Como foi sua experiência? Dedicava mais tempo às básicas ou específicas, ou dividia de igual para igual?

”Fiz esta prova com menos de 1 mês de preparação, para isso, utilizei a experiência adquirida em preparações passadas para montar uma estratégia de estudo eficaz que consistia em 4 horas de estudo diárias, com revisões constantes e periódicas para consolidar o conhecimento já estudado. Houve uma dedicação especial às disciplinas de português e matemática, pois não as estudava por muito tempo. Foi uma ótima experiência, pois com ela pude comprovar uma técnica de estudo eficaz desenvolvida após muitas derrotas no ramo dos concursos, como também entender que todas as disciplinas merecem o foco adequado, neste caso, foi dado prioridade às disciplinas básicas, pois tinha dificuldade nelas e também por saber que elas que fazem a diferença no seu destacamento em relação aos demais candidatos.”

Você apenas estudava para concurso ou precisava conciliar os estudos com trabalho? Como fazia para conciliar?

”Apenas estudava para concurso, porém este período coincidiu com o fim do curso superior em direito, que acabou tornando mais difícil de dar o foco necessário para uma preparação mais tranquila. Mas, com organização e disciplina, não há que se falar em falta de tempo.”

Você estudou com quais materiais? Seus materiais e aulas tinham todo o conteúdo necessário para conseguir a aprovação?

”Aulas em vídeo e apostilas resumidas em formato pdf. Nem mais nem menos do que o suficiente.”

Você esteve motivado durante todo o período e preparação? Pensou em desistir? O que o desmotivou? O que o manteve ou o fez voltar a ficar motivado com os estudos?

”Não, após a empolgação inicial, o cansaço toma conta em algum momento e sempre vem à mente o desejo de relaxar ou desistir, o próprio cansaço da preparação faz vir à tona uma diminuição de ritmo que vai ficando cada vez maior proporcionalmente à fadiga. Entretanto, quando temos em mente que a dor é passageira, mas a glória da aprovação é “eterna”, nosso psicológico nos fornece os subsídios necessários para ir além e ultrapassar os limites anteriores.”

Durante a preparação, sabemos que é preciso abrir mão de muita coisa, amigos, família, festas, enfim… como foi este período para você? Abdicou de muita coisa? Pode dar exemplos? Como foi passar por isso?

”Foi bastante tranquilo, apesar da diminuição do ritmo da vida social ser um aspecto que faz diferença, com o exercício da abstinência se passa a gostar dessa ” vida de concurseiro “, chega a ser viciante exercer essa espécie de sacrifício e o orgulho se torna maior quando ele é recompensado. Além de tudo, é uma ótima oportunidade para amadurecer e evoluir suas virtudes, através do exercício da resiliência.”

Você é casado, namora, mora com os pais? Sua família, amigos ou as pessoas que são próximas aceitaram essa sua rotina de estudos? Apoiaram? Teve alguém que acabou se distanciando?

”Namoro e moro com os pais. Apesar de concordarem com o objetivo almejado, nem sempre , até mesmo sem querer, eles acabam contribuindo para que isso aconteça. Por várias vezes eles mesmos nos incentivam a deixar um pouco o estudo de lado e nos colocar em dilemas emocionais que nos distanciam dos estudos, mas, no fim das contas, acabam entendendo e nos apoiando da forma necessária para que o sonho se concretize.”

Você tentou outros concursos públicos antes dessa aprovação? Tentou fazer outras provas apenas para treinar? Como foi a sua experiência?

”Sim, bastantes concursos. Tenho um longo histórico de reprovações em outros certames em que, a cada derrota, procurei ver em quais pontos estava errando e onde poderia melhorar, a cada fracasso, apesar da tristeza, fui reavaliando meu método de estudo e assim construindo novos que funcionavam cada vez mais até chegar ao método atual, que se mostrou suficiente para uma boa colocação e a consequente aprovação.”

Começou a estudar com edital aberto? Caso não tenha sido este o caso, como foi para se manter motivado mesmo sem edital previsto?

”Sim.”

Como conheceu o AlfaCon?

”Recomendação de amigos.”

De que forma o AlfaCon te ajudou nessa jornada?
”Dicas de estudo, bizus, materiais de alta qualidade e uma equipe de professores excelentes, tanto na transmissão de conhecimento quanto de motivação, fizeram  toda a diferença para que meu objetivo fosse alcançado.”

Você utilizava alguma técnica específica para aprender e memorizar o conteúdo? Pode compartilhar suas técnicas com a gente?

”1- Revisões periódicas: uma no mesmo dia que viu o conteúdo, outra uma semana depois e outra um mês depois, para evitar a curva de esquecimento cerebral. É simples e muito eficaz.
2- Simplificar o conteúdo a cada revisão também torna a absorção mais fácil.”

Qual foi a maior dificuldade que enfrentou no período em que estudou?

”A pressão social por uma aprovação e a melhoria de situação financeira.”

O que fez para superar esses obstáculos?

”Bloquear o que fazia mal e ter fé e foco no que poderia fazer bem!”

Quando o concurso se aproxima sabemos que é difícil controlar a ansiedade, nervosismo e até mesmo insegurança. Como foi pra você? Como superou? Potencializou o estudo nos últimos dias ou tentou relaxar um pouco?

”A experiência anterior em outros concursos ajudam a manter o equilíbrio nessas horas, pois o psicológico equilibrado é fundamental para um bom desempenho em qualquer tarefa. Busca por mensagens motivacionais na internet e leituras que contribuíram para a edificação de uma base emocional forte ajudaram muito nessa etapa, além disso, o descanso e distração na véspera da prova são essenciais para manter a calma no tão esperado dia.”

O que você acredita que tenha sido realmente efetivo na sua preparação? Houve falha? Onde acredita que tenha falhado?

”A experiência, a tranquilidade, a disciplina e a fé. Sim, muitos momentos a preguiça me impediu de ter um desempenho melhor, mas isso será corrigido em futuras preparações.”

Para finalizar, qual dica você deixaria para aqueles que estão nessa caminhada rumo à aprovação e pensam em desistir?

”Não desista nunca, tenha fé e se não deu certo, não desanime, procure conversar com quem tem experiencia maior e reavaliar seu método de estudo até achar um que funcione para você, não tenha medo de se reconstruir e tentar novas estratégias, um dia funcionará!”

 


 

Francisco Adriano Alves da Silva

Colocação: 80ª
Cidade/Estado: TIANGUÁ/CEARÁ
Idade: 24 anos

 Por que decidiu estudar para concurso público?

”CRESCIMENTO INTELECTUAL E ESTABILIDADE FINANCEIRA.”

Quanto à sua preparação, por quanto tempo estudou até conquistar esta aprovação? Como era sua rotina de estudo? Se dedicou mais a algum conteúdo ou disciplina específicos? Por quê? Como foi sua experiência? Dedicava mais tempo às básicas ou específicas, ou dividia de igual para igual?

”ESTUDEI POR 5 MESES, ONDE NOS MESES INICIAIS FOQUEI MAIS NAS MATÉRIAS BÁSICAS COMO: PORTUGUÊS, INFORMÁTICA E ATUALIDADES, E NOS ÚLTIMOS 2 MESES QUE ANTECEDERAM A PROVA, TIVE UM FOCO MAIOR NAS MATÉRIAS ESPECÍFICAS.”

Você apenas estudava para concurso ou precisava conciliar os estudos com trabalho? Como fazia para conciliar?

”TRABALHAVA DAS 07:00 ÀS 18:00hs, E ESTUDAVA DAS 19:00 AS 23:00 TODO DIA.”

Você estudou com quais materiais? Seus materiais e aulas tinham todo o conteúdo necessário para conseguir a aprovação?

”ESTUDAVA COM OS VIDEOS DO ALFACON.”

Você esteve motivado durante todo o período e preparação? Pensou em desistir? O que o desmotivou? O que o manteve ou o fez voltar a ficar motivado com os estudos?

”BOA PARTE DA MINHA PREPARAÇÃO ESTIVE MOTIVADO E PROCURANDO SEMPRE INSPIRAÇÃO, PRINCIPALMENTE NOS MOMENTOS QUE PENSAVA EM DESISTIR, PORÉM GRAÇAS A DEUS CONSEGUE MANTER O FOCO.”

Durante a preparação, sabemos que é preciso abrir mão de muita coisa, amigos, família, festas, enfim… como foi este período para você? Abdicou de muita coisa? Pode dar exemplos? Como foi passar por isso?

”NESSES MESES DE ESTUDOS DEIXEI DE IR A MUITOS LUGARES QUE FREQUENTAVA COM MEUS AMIGOS E FAMÍLIA, MAS EU SABIA QUE VALERIA A PENA ESSA ABDICAÇÃO, E GRAÇAS A DEUS ESTÁ DANDO TUDO CERTO.”

Você é casado, namora, mora com os pais? Sua família, amigos ou as pessoas que são próximas aceitaram essa sua rotina de estudos? Apoiaram? Teve alguém que acabou se distanciando?

”HOJE EU NAMORO E MORO COM MINHA FAMÍLIA, NOS MESES DE ESTUDOS EU ERA COBRADO POR NÃO DAR TANTA ATENÇÃO A MINHA NAMORADA E ATÉ ESMO MINHA FAMÍLIA, MAS COM O PASSAR DOS MESES DE ESTUDO ELES FORAM ENTENDO MINHA SITUAÇÃO E SABIAM QUE AQUILO ERA PARA PROPÓSITO MAIOR, QUE ERA CONQUISTAR MINHA ESTABILIDADE, E ASSIM AJUDAR AS PESSOAS QUE ESTAVAM JUNTAS COMIGO NESSA BATALHA.”

Você tentou outros concursos públicos antes dessa aprovação? Tentou fazer outras provas apenas para treinar? Como foi a sua experiência?

”ANTES DESSE CONCURSO, FIZ VÁRIOS OUTROS, PORÉM NÃO TINHA NEM FOCO NEM PREPARAÇÃO ADEQUADA COMO TIVE NESSE CONCURSO, PORÉM FOI ATRAVÉS DESSES CONCURSOS QUE GANHEI EXPERIÊNCIA.”

Começou a estudar com edital aberto? Caso não tenha sido este o caso, como foi para se manter motivado mesmo sem edital previsto?

”ESTUDEI ANTES DO EDITAL, PORQUE EU SABIA QUE ESTUDAR COM O EDITAL ABERTO É POUCO TEMPO PARA ESTUDAR, E EU TINHA QUE ESTAR PREPARADO BEM ANTES, PARA CONSEGUIR UM RESULTADO DESEJADO.”

Como conheceu o AlfaCon?

”ATRAVÉS DO YOUTUBE, PESQUISANDO SOBRE VIDEOS AULAS PARA CONCURSOS.”

De que forma o AlfaCon te ajudou nessa jornada?
”ME AJUDOU COM AS VIDEOS AULAS QUE EU ASSISTIA NO YOUTUBE E NO SEU SITE, ESSAS AULAS ME DERAM UM NORTE DE COMO ESTUDAR PARA CONCURSOS E A ENTENDER MUITAS MATÉRIAS QUE ATÉ ANTES NÃO CONSEGUIA.”

Você utilizava alguma técnica específica para aprender e memorizar o conteúdo? Pode compartilhar suas técnicas com a gente?

”MINHA TÉCNICA ERA ASSISTIR AULAS E ANOTAR O PONTOS QUE EU ACHAVA MAIS INTERESSANTE, ASSIM FAZENDO UM RESUMO DOS PONTOS MAIS IMPORTANTES, PARA QUE PRÓXIMO A DATA DA PROVA EU REVISASSE COM MAIS AGILIDADE OS ASSUNTOS MAIS RELEVANTES QUE PODERIAM CAIR.”

Qual foi a maior dificuldade que enfrentou no período em que estudou?

”CANSAÇO DO TRABALHO E MAIOR TEMPO PARA OS ESTUDOS.”

O que fez para superar esses obstáculos?

”INSPIRAÇÃO E FORÇA DE VONTADE DE CRESCER NA VIDA.”

Quando o concurso se aproxima sabemos que é difícil controlar a ansiedade, nervosismo e até mesmo insegurança. Como foi pra você? Como superou? Potencializou o estudo nos últimos dias ou tentou relaxar um pouco?

”APESAR DA ANSIEDADE, EU CONSEGUE RELAXAR, ATRAVÉS DE FILMES E ALGUNS PASSEIOS PARA TIRAR A PRESSÃO E ANSIEDADE.”

O que você acredita que tenha sido realmente efetivo na sua preparação? Houve falha? Onde acredita que tenha falhado?

”MINHA PREPARAÇÃO TEVE MUITO FOCO E DISCIPLINA, APESAR DE MUITAS VEZES FUGIR UM POUCO DO FOCO, MAS LOGO EM SEGUIDA EU CONSEGUIA VOLTAR AOS ESTUDOS E FOCAR MAIS NAS MATÉRIAS.”

Para finalizar, qual dica você deixaria para aqueles que estão nessa caminhada rumo à aprovação e pensam em desistir?

”NUNCA DESISTIR, E SEMPRE PERSISTIR NOS SEUS SONHOS E OBJETIVOS, QUE UM DIA VOCÊ CHEGARÁ LA!”


 

Romeu Alves Oliveira

Colocação: 16º lugar
Cidade/Estado: IBITITÁ/BAHIA
Idade: 26 anos

 Por que decidiu estudar para concurso público?

”Realizar o sonho de se tornar policial e seguir os passos de alguns familiares.”

Quanto à sua preparação, por quanto tempo estudou até conquistar esta aprovação? Como era sua rotina de estudo? Se dedicou mais a algum conteúdo ou disciplina específicos? Por quê? Como foi sua experiência? Dedicava mais tempo às básicas ou específicas, ou dividia de igual para igual?

”Estudei por mais ou menos sete meses. No início estudava cerca de 2 horas diárias e com o tempo passei a estudar 6 horas todos os dias, me dedicando um pouco a cada matéria, mas dando mais atenção nas disciplinas que tinha dificuldade e também nas específicas para o concurso.”

Você apenas estudava para concurso ou precisava conciliar os estudos com trabalho? Como fazia para conciliar?

”Comecei trabalhar já na reta final da preparação, estudava sempre que estava em casa ou no ônibus para a faculdade.”

Você estudou com quais materiais? Seus materiais e aulas tinham todo o conteúdo necessário para conseguir a aprovação?

”Sempre estudei com material gratuito, principalmente os disponibilizados no youtube pelo canal do AlfaCon. Evandro é foda!. ”

Você esteve motivado durante todo o período e preparação? Pensou em desistir? O que o desmotivou? O que o manteve ou o fez voltar a ficar motivado com os estudos?

”Sempre me mantive motivado por me inspirar em pessoas próximas que conseguiram chegar aonde eu pretendia, as vezes batia aquela vontade de desistir, mas eu lembrava que não tinha nada e voltava mais forte pra “labuta”.”

Durante a preparação, sabemos que é preciso abrir mão de muita coisa, amigos, família, festas, enfim… como foi este período para você? Abdicou de muita coisa? Pode dar exemplos? Como foi passar por isso?

”Durante a minha preparação eu abrir mão de 70% dos programas que tinha com família e amigos, não foi fácil no início, mas é um sacrifício que vale para a vida toda.”

Você é casado, namora, mora com os pais? Sua família, amigos ou as pessoas que são próximas aceitaram essa sua rotina de estudos? Apoiaram? Teve alguém que acabou se distanciando?

”Namoro, moro com a minha avó. Sempre tive muito apoio tanto da minha namorada quanto dos meus familiares e isso foi uma das maiores forças que recebi nessa batalha.”

Você tentou outros concursos públicos antes dessa aprovação? Tentou fazer outras provas apenas para treinar? Como foi a sua experiência?

”Já havia tentado outros concursos, mas todos sem estudar. Assim que passei a estudar de verdade já comecei colecionar aprovações, até agora duas em 3 concursos.”

Começou a estudar com edital aberto? Caso não tenha sido este o caso, como foi para se manter motivado mesmo sem edital previsto?

”Eu defini uma linha de estudos na área policial e não me preocupava muito com edital, quando o edital foi lançado eu já havia visto cerca de 70% de todo conteúdo programático.”

Como conheceu o AlfaCon?

”Conheci através de videos no youtube e ouvia falar bem em grupos de concurseiros espalhados pelo Facebook.”

De que forma o AlfaCon te ajudou nessa jornada?
”O AlfaCon foi o curso que mais me ajudou, principalmente o Evandro com sua forma irreverente de passar os conhecimentos de direito penal. Aquilo fica gravado na memória de uma forma que ninguém esquece mais. Sou muito grato por terem feito parte em minha caminhada.”

Você utilizava alguma técnica específica para aprender e memorizar o conteúdo? Pode compartilhar suas técnicas com a gente?

”Muita leitura, muitas questões e ainda videos aulas para ajudar fixar melhor o conhecimento.”

Qual foi a maior dificuldade que enfrentou no período em que estudou?

”Uma vez ou outra sentia vontade de desistir de tudo.”

O que fez para superar esses obstáculos?

”Me inspirei em pessoas próximas que estavam aonde eu queria chegar.”

Quando o concurso se aproxima sabemos que é difícil controlar a ansiedade, nervosismo e até mesmo insegurança. Como foi pra você? Como superou? Potencializou o estudo nos últimos dias ou tentou relaxar um pouco?

”Sempre procuro potencializar ao máximo até dois dias antes da prova, imagino que aquela não é minha única chance e assim retiro o peso da consciência. Com isso chego mais tranquilo para batalha.”

O que você acredita que tenha sido realmente efetivo na sua preparação? Houve falha? Onde acredita que tenha falhado?

”Em primeiro lugar a disciplina e o foco, esses já foram passos largos e também ter ao lado pessoas que acreditavam em mim.”

Para finalizar, qual dica você deixaria para aqueles que estão nessa caminhada rumo à aprovação e pensam em desistir?

”Não desistam nunca, muitos dirão que você não vai conseguir, mas use isso ao seu favor. Use como um combustível que irá te levar aos seus objetivos.”


 

David Alves Luz

Colocação: x
Cidade/Estado: Picos
Idade: 22 anos

 Por que decidiu estudar para concurso público?

”Porque eu era visto como um ‘’serve para nada’’ por conta de não estar trabalhando na iniciativa privada como todo mundo. Nunca me confirmei com essa alternativa, tanto que comecei a estudar e mesmo assim ainda era mal visto pelos familiares.”

Quanto à sua preparação, por quanto tempo estudou até conquistar esta aprovação? Como era sua rotina de estudo? Se dedicou mais a algum conteúdo ou disciplina específicos? Por quê? Como foi sua experiência? Dedicava mais tempo às básicas ou específicas, ou dividia de igual para igual?

”Eu vinha estudando para a PRF pelas apostilas do alfa, aí veio o edital da PM que tinha as mesmas matérias. Adaptei e estudei 8 meses. Eu estudava 2 matérias por dia e 4 horas por matéria. Por ter uma grande dificuldade em encontrar exercícios e fazer simulados, eu revisava bastante para compensar essa defasagem. Sempre gostei de me dedicar mais nas básicas, mas como nesse concurso a específica era peso 2 eu bati bastante nas específicas, todo dia era uma matéria básica e uma específica. Faltando uma semana para a prova cheguei a estudar 12 horas por dia e motivação do alfa todos os dias. A motivação que mais gosto é a do Evanildo.”

Você apenas estudava para concurso ou precisava conciliar os estudos com trabalho? Como fazia para conciliar?

”Apenas estudava.”

Você estudou com quais materiais? Seus materiais e aulas tinham todo o conteúdo necessário para conseguir a aprovação?

”Estudei as básicas pela apostila do INSS, enquanto a da PRF chegava. Depois migrei para a apostila da PRF e atualidades eu estudava pelas aulas do Alfa com Che e do AEP com o Trigueiro.”

Você esteve motivado durante todo o período e preparação? Pensou em desistir? O que o desmotivou? O que o manteve ou o fez voltar a ficar motivado com os estudos?

”Eu estava muito motivado no início, daí anulou a primeira prova e deu um baque na galera, quando vi o nível eu programei melhor meu estudo e todo dia assistindo motivação do Alfa, tanto que nunca tive dinheiro pra comprar o online, e sempre pensava “se eu passar nesse vou ter dinheiro pra adquirir o online e me preparar mais”.

Durante a preparação, sabemos que é preciso abrir mão de muita coisa, amigos, família, festas, enfim… como foi este período para você? Abdicou de muita coisa? Pode dar exemplos? Como foi passar por isso?

”Eu parei de sair com amigos, terminei meu relacionamento, festas da família não ia mais. Todo mundo tava me estranhando.”

Você é casado, namora, mora com os pais? Sua família, amigos ou as pessoas que são próximas aceitaram essa sua rotina de estudos? Apoiaram? Teve alguém que acabou se distanciando?

”Moro com meus pais, terminei meu relacionamento no começo da preparação, todo mundo dizia que ia dar errado depois que passei todo mundo está diferente, mais amigo que nunca. Nunca aceitaram minha rotina ou diziam que eu não estudava.”

Você tentou outros concursos públicos antes dessa aprovação? Tentou fazer outras provas apenas para treinar? Como foi a sua experiência?

”Já tinha tentado dois do IFPI mas sem estudar, apenas na “sorte”.”

Começou a estudar com edital aberto? Caso não tenha sido este o caso, como foi para se manter motivado mesmo sem edital previsto?

”Comecei sem edital aberto, quando saiu a autorização foi o período que iniciei.”

Como conheceu o AlfaCon?

”Amigo meu mostrou seu material que tinha adquirido e o canal no YouTube com todas as motivações.”

De que forma o AlfaCon te ajudou nessa jornada?
”Com o conteúdo inteiro da prova, com aulas gratuitas e com a motivação fora do comum.”

Você utilizava alguma técnica específica para aprender e memorizar o conteúdo? Pode compartilhar suas técnicas com a gente?

”Eu sou muito metódico, não sabia estudar para concurso, foi assistindo o Alfa que aprendi. Sigo todos os passos, exceto o simulado que não tenho como fazer.”

Qual foi a maior dificuldade que enfrentou no período em que estudou?

”A cobrança própria, pois como sou de Picos e estava concorrendo para aqui eu sabia que se aprovado era uma porta bastante importante para almejar um concurso melhor.”

O que fez para superar esses obstáculos?

”Me mantive sempre motivado e procurava não perder tempo com bobagens, sempre focado estudando e pensando no concurso todo o dia.”

Quando o concurso se aproxima sabemos que é difícil controlar a ansiedade, nervosismo e até mesmo insegurança. Como foi pra você? Como superou? Potencializou o estudo nos últimos dias ou tentou relaxar um pouco?

”Últimos dias dei um gás maior ainda, lembro que 3 da manhã do dia do concurso e eu estudando lógica ainda.”

O que você acredita que tenha sido realmente efetivo na sua preparação? Houve falha? Onde acredita que tenha falhado?

”O que foi efetivo foi não me abalar com a anulação da primeira prova, já que vi muitos amigos desanimarem e ficarem para trás.”

Para finalizar, qual dica você deixaria para aqueles que estão nessa caminhada rumo à aprovação e pensam em desistir?

”Para não desistir, pois a sua hora está chegando.”


 

JHONATHA DONATO SILVA

Colocação: 14º
Cidade/Estado: CARUARU/PE
Idade: 25 anos

Por que decidiu estudar para concurso público?

11POIS QUERO MUDAR DE VIDA.”

Quanto à sua preparação, por quanto tempo estudou até conquistar esta aprovação? Como era sua rotina de estudo? Se dedicou mais a algum conteúdo ou disciplina específicos? Por quê? Como foi sua experiência? Dedicava mais tempo às básicas ou específicas, ou dividia de igual para igual?

”ESTUDEI POR 2 ANOS, 4 HORAS POR DIA, ME DEDICO MAIS NAS DISCIPLINAS ESPECÍFICAS POIS SEMPRE É UM DIFERENCIAL NOS CONCURSOS.”

Você apenas estudava para concurso ou precisava conciliar os estudos com trabalho? Como fazia para conciliar?

”TINHA/TENHO QUE CONCILIAR O ESTUDO COM O TRABALHO, PRA FAZER ISSO É PRECISO DEDICAÇÃO E COMPROMETIMENTO, ESTUDAVA/ESTUDO PELA MANHÃ EM CASA SOZINHO, A TARDE E A NOITE TRABALHO. MESMO COM PREGUIÇA, MESMO COM SONO, MESMO COM TUDO, EU ME LEVANTAVA CEDO E IA ESTUDAR.”

Você estudou com quais materiais? Seus materiais e aulas tinham todo o conteúdo necessário para conseguir a aprovação?

”ESTUDEI PELO MATERIAL DO ALFACON DISPONIBILIZADO EM VIDEO AULAS AO VIVO E TAMBÉM COM APOSTILA QUE COMPREI “Passe Já – Carreiras Policiais 5000 Questões”

Você esteve motivado durante todo o período e preparação? Pensou em desistir? O que o desmotivou? O que o manteve ou o fez voltar a ficar motivado com os estudos?

”TODO ESSE PERÍODO EU ME SENTIA MOTIVADO POIS AINDA TENHO UM ÓTIMO MATERIAL PARA ESTUDO. NUNCA PENSEI EM DESISTIR POIS QUANDO SE TEM UM OBJETIVO, INDEPENDENTE DE TUDO DEVEMOS CORRER ATRÁS. A FAMÍLIA E A NAMORADA APOIANDO O MEU OBJETIVO FOI FUNDAMENTAL PARA QUE EU CONTINUASSE A ESTUDAR MESMO MUITOS DIZENDO QUE EU NÃO IRIA CONSEGUIR.”

Durante a preparação, sabemos que é preciso abrir mão de muita coisa, amigos, família, festas, enfim… como foi este período para você? Abdicou de muita coisa? Pode dar exemplos? Como foi passar por isso?

”ABDIQUEI DE SAÍDA COM AMIGOS, DE FESTAS, DE AJUDAR NA MUDANÇA DE UM PRIMO, ATÉ MESMO DE VER A NAMORADA POR ALGUNS DIAS.”

Você é casado, namora, mora com os pais? Sua família, amigos ou as pessoas que são próximas aceitaram essa sua rotina de estudos? Apoiaram? Teve alguém que acabou se distanciando?

”NAMORO, MORO COM MEUS PAIS, AS PESSOAS MUITAS VEZES NÃO CONSEGUEM ENTENDER A SUA ROTINA DE ESTUDOS, MUITAS VEZES CRITICAM. MINHA FAMÍLIA POR EXEMPLO NÃO ENTENDIA POR QUE EU ESTUDAVA TANTO MAS MESMO ASSIM ME APOIAVAM/APOIAM.”

Você tentou outros concursos públicos antes dessa aprovação? Tentou fazer outras provas apenas para treinar? Como foi a sua experiência?

”TENTEI! CAIXA 2014 – CADASTRO DE RESERVA, PMPB 2014 – PONTO DE CORTE, PMPE 2016 REPROVADO NO TAF. E FUI PEGANDO EXPERIENCIA EM COMO DEVERIA ESTUDAR, COMO DEVERIA ANALISAR A QUESTÃO, COMO A BANCA GOSTAVA DE COBRAR E ISSO É MUITO IMPORTANTE.
ALMEJO CHEGAR NA PRF E VOU ME ESFORÇAR A CADA DIA PRA CHEGAR LÁ.”

Começou a estudar com edital aberto? Caso não tenha sido este o caso, como foi para se manter motivado mesmo sem edital previsto?

”JÁ VINHA ESTUDANDO ANTES AS MATÉRIAS QUE SEMPRE CAEM EM PROVAS DA ÁREA POLICIAL COMO: PENAL, ADMINISTRATIVO, PROCESSO PENAL, CONSTITUCIONAL, PORTUGUES, INFORMÁTICA. MESMO SEM O EDITAL CONTINUEI ESTUDANDO POIS UMA HORA OS EDITAIS IAM SAIR E EU JÁ ESTARIA 80% PREPARADO.”

Como conheceu o AlfaCon?

”A PARTIR DE UM VIDE-O MOTIVACIONAL DO EVANDRO GUEDES NO YOUTUBE QUE MEXEU MUITO COMIGO E A PARTIR DAQUELE MOMENTO DECIDI QUE TERIA QUE PARTIR DE MIM A MUDANÇA PARA QUE MEU SONHO SE CONCRETIZASSE.”

De que forma o AlfaCon te ajudou nessa jornada?
”COMECEI ASSISTINDO AS AULAS DO THALLIUS AO VIVO E GOSTEI DOS EXEMPLOS E DA FORMA QUE ELE TRANSMITIA O ASSUNTO QUE FOI SE TORNANDO CADA VEZ MAIS FÁCIL, DEPOIS COMECEI A VER AS LIVES DO EVANDRO GUEDES E SUAS AULAS E POR AI NÃO PAREI MAIS.”

Você utilizava alguma técnica específica para aprender e memorizar o conteúdo? Pode compartilhar suas técnicas com a gente?

”REVISÃO SEMPRE DO ASSUNTO E RESOLVER MUITAS QUESTÕES.”

Qual foi a maior dificuldade que enfrentou no período em que estudou?

”AS SITUAÇÕES DO DIA-A-DIA, POIS O ÚNICO TEMPO QUE TINHA PRA ESTUDAR ERA INTERROMPIDO POR ALGUMA SITUAÇÃO DO COTIDIANO.”

O que fez para superar esses obstáculos?

”O SONHO DE ME TORNAR UM POLICIAL.”

Quando o concurso se aproxima sabemos que é difícil controlar a ansiedade, nervosismo e até mesmo insegurança. Como foi pra você? Como superou? Potencializou o estudo nos últimos dias ou tentou relaxar um pouco?

”EU FIQUEI BEM TRANQUILO POIS CONFIO EM DEUS E SEI QUE ELE TEM O MELHOR GUARDADO PARA SEUS FILHOS. E ISSO ME DEIXOU MUITO CALMO POIS FIZ MINHA PARTE E ESTUDEI O MAXIMO O QUE EU PODIA. NOS ÚLTIMOS DIAS DEI UMA RELAXADA NOS ESTUDOS POIS O QUE TINHA PRA APRENDER JÁ TINHA APRENDIDO E TREINADO.”

O que você acredita que tenha sido realmente efetivo na sua preparação? Houve falha? Onde acredita que tenha falhado?

”O QUE FOI REALMENTE EFETIVO FORAM AS RESOLUÇÕES DE QUESTÕES ONDE EU COMEÇAVA A RESPONDER E NAO QUERIA PARAR MAIS. SEMPRE HAVERÁ ALGUMAS FALHAS, UMA DELAS FOI QUERER DORMIR ATÉ UM POUCO MAIS TARDE, OU ASSISTIR AQUELE JOGO DO CORINTHIANS NO DOMINGO A TARDE E DEIXAR OS ESTUDOS DE LADO.”

Para finalizar, qual dica você deixaria para aqueles que estão nessa caminhada rumo à aprovação e pensam em desistir?

”SE VOCÊ QUER MUDAR DE VIDA ENTÃO CORRA ATRÁS DOS SEUS OBJETIVOS, POIS NESSA CORRIDA PARA O SUCESSO NINGUÉM PODE CORRER POR VOCÊ!
SE ESFORCE, BATALHE, LUTE, VENÇA A CADA DIA E VOCÊ RECEBERÁ A RECOMPENSA MERECIDA POR SEUS ESFORÇOS!”

 

Para mais informações sobre concursos, dicas e aulas gratuitas, acompanhe-nos nas redes sociais:

 



Os comentários estão encerrados.