A ESCOLA CHAMADA VIDA

Happy-Baby-And-A-Puppy-crianca-natureza-600x400Salve Salve Alfartanos! Aprendemos tantas coisas todos os dias. Cada dia que nasce é um livro em branco com as margens definidas. Podemos escrever nesse livro o que quisermos e como quisermos. A grande vantagem é que quando o dia acaba, mais uma página foi virada, e uma nova começa a ser elaborada. Mas devemos tomar um certo cuidado, pois não podemos apagar o que já foi escrito. Podemos não escrever de novo. É isso que a vida nos ensina. Reproduzimos aquilo que nos traz orgulho e abandonamos aquilo que nos trouxe dor. Mas mesmo a dor tem um ponto positivo: ela nos faz querer supera-la de todas as maneiras, e assim ganhamos força. Nossas cicatrizes servem para percebermos que nosso passado foi real.

E a vida continua nos ensinando. Um belo dia ela nos ensina, que é muito melhor ter poucos e verdadeiros amigos. Tem pessoas que falam, que sempre vão estar com você, e tem pessoas que demonstram isso. Valorize sempre quem demonstra que é seu amigo. Aqueles que fazem coisas por você não ficam “jogando na sua cara” o que fizeram. Aqueles amigos que as vezes passamos anos sem ver, mas quando os reencontramos a distância do tempo é vencida por um forte abraço. Esses são amigos verdadeiros.

A vida também nos mostra que ela é uma caixinha cheia de surpresas. Boas, ruins, inesperadas… Temos que estar preparados para reagir a cada uma delas. Nunca sabemos qual será a próxima que estará preparada para nós. Por isso surpreenda as surpresas da vida com reações diversas:  Chore, ria, faça careta, pule, dance, cante, corra, viva. Não tenha medo de Viver e ser feliz! O gostoso da vida é experimentá-la e não apenas observá-la como um espectador chato assistindo a um filme noir.

Existem momentos na vida, que podem parecer bobos, que podem parecer comuns para você naquele exato momento. Mas tenha certeza que um dia você poderá olhar para trás e dizer: aquele foi o dia mais feliz de minha vida! Então, aprecie cada momento na vida, como se fosse único, e especial, com uma pessoa especial.

Abrace quem você ama. Diga verdadeiramente que ama. Não perca tempo com brigas que não levarão para nenhum lugar. Não seja chato, estressado, carrancudo. O mundo não quer saber se você está de mau humor. Combata as coisas ruins do seu dia com a verdadeira alegria de um espírito forte, de uma alma valorosa. Mostre que sua razão controla suas emoções e que você quer sorrir quando tiver motivos para chorar. Esse é o verdadeiro espírito do guerreiro. Todos sentimos medo. Os heróis também sentem. O grande valor está em superar o medo e colocar acima dele a vontade de vencer.

Nesta vida, pode-se aprender três coisas de uma criança: estar sempre alegre, nunca ficar inativo e lutar com força por tudo o que se quer. Muitos ainda se lembram da felicidade que foi o dia em que a professora na escola disse que era permitido escrever com caneta. Uma festa coletiva na sala de aula. E para onde foi aquela alegria? Não podemos deixar que os anos tirem de nós a felicidade pelas pequenas coisas.

Não busque a felicidade muito longe, ela pode estar mais perto do que você imagina! Tente apenas ser feliz, faça o que der vontade. Muitas pessoas dizem que não são felizes pelo fato puro e simples de estarem procurando a felicidade no lugar errado. Ela não está em nenhum lugar do mundo. Ela está dentro de você. As vezes esse é o único lugar onde não procuramos. Felicidade se conjuga no futuro, onde a dor não é presente e o presente é para sempre.



12 comentários sobre:
A ESCOLA CHAMADA VIDA

  1. Matheus Racy comentou em :

    Boa mensagem Chê !

    Vamos valorizar as pequenas coisas da vida, e usar a motivação de viver para correr atrás e atingir as metas !

    Abraço !

    ALFARTANOS ! FORÇA

  2. José Miguel 💪 - Monitor online -💙 Serra Talhada-PE 👮 comentou em :

    Bom dia Alfartanos!

  3. Fredy - Anápolis - GO comentou em :

    Riquíssimo texto Tchê. Grande passo para se passar em concurso, parece até um “nada a ver” mas primeiro devemos conquistar o que o dinheiro não compra: paciência, tolerância, resiliência, não remoer perdas e frustrações e por ai vai.

  4. leandro comentou em :

    alo voce che como faz para colocar a foto aqui. eu nao achei???

  5. FAKE(MG) comentou em :

    BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…BLA…
    Que papo mais meloso vamu acorda pra vida meus fi chora di mais não adianta…

  6. Tullio Souza (EMCBU) comentou em :

    Tchê! Sempre ajudando no dia a dia.

    Obrigado, amigo.

    Att

  7. José Miguel 💪 - Monitor online -💙 Serra Talhada-PE 👮 comentou em :

    Bom dia!
    Valeu CHE!

  8. Cynthia Paôla comentou em :

    Sem palavras! Muito bom, Chê! Texto revigorante e animador! Continue assim… nunca pare de escrever, please! Obrigada, bjus! :**

  9. Larissa Sampaio comentou em :

    “Muitos ainda se lembram da felicidade que foi o dia em que a professora na escola disse que era permitido escrever com caneta.” Ai que saudade que tenho da aurora da minha vida…

  10. Rafael Albuquerque da Silva comentou em :

    Grande e sábio tche…Muito bom!!!

  11. Valney Neves comentou em :

    Show o grande chê, sábio em suas palavras.
    Obrigado por compartilhar este nobre texto conosco.
    Alfartanos, Força.

  12. Natache Rocha comentou em :

    Ainda nem li o texto, pois estou fazendo um recurso, mas ao receber a notificação aqui na minha área de trabalho e ler o título “a escola chamada vida”, eu já posso comentar e explanar:
    Essa é melhor de todas, e além do mais, te ensina coisas de forma mais dolorosa, até tu aprender a entender que toda dor é necessária para o sucesso.
    Abraço, Che!!!