Super aulão Carreiras Policiais a partir das 19h15.

É melhor ir para a batalha mu8429-video_grande-20160401093255-1459513975nido de conhecimento! Pensando em sua aprovação o AlfaCon preparou para você uma super aula de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Informática e Língua portuguesa para Carreiras Policiais. Vamos recarregá-los de muitas dicas infalíveis para destruir qualquer Banca que você vá enfrentar!

Como vai funcionar?

A partir das 19h15 Ao vivo

Dia 26/04/2016 – Giancarla e João Paulo

É gratuito?

Sim, este evento não terá custos ao participante e todos podem participar.

Como faço para participar?

Basta inscrever-se  no curso gratuito.

INSCREVA-SE,clicando na imagem abaixo:

inscreva-se_no_curso

110 ideias sobre “Super aulão Carreiras Policiais a partir das 19h15.

  1. olá boa noite ouvi falar que a nota de corte do inss será 95 isso realmente é possível em uma prova 120 pontos

  2. Bom dia, pessoal! Hoje é o meu dia.. parabéns pra mim!

  3. “Os ganhos habituais do empregado, inclusive o valor pago, em dinheiro, a título de vale-transporte, incorporam-se ao seu salário para efeito de contribuição previdenciária e consequente repercussão em benefícios.”
    A questão não especificou se era pra analisar de acordo com a jurisprudência e ainda assim considerou errado. Alguém?

    • O problema disto é que há divergência, a receita continua cobrando este tributo, porém o STF entende que não incide contribuição sobre este tributo em dinheiro, acredito que este seja o posicionamento da questão. Vide RE 478.410. A questão sendo de 2011, ou seja, após a decisão do STF, caberia recurso se fosse certa. Este é o meu entendimento.

    • O entendimento da receita segue ainda o da legislação, pois ela não emitiu nenhum ato oficial se posicionando como o stf, assim, caso a pessoa entre no judiciário, este decidirá que não incide… Há um belo conflito…

    • O problema maior é que,ao meu ver, para cobrar entendimento jurisprudencial, a banca teria que esclarecer isso no comando(já que a jurisprudência diverge das legislações vigentes) e antes do enunciado o que tinha era “De acordo com a legislação previdenciária”.. Aí fica complicado

    • Acho que se cai uma dessa para o INSS cabe um belo recurso, pois ela não especificou se quer jurisprudência ou não, porém o entendimento do stf é diferente da receita e da legislação em si…

  4. Bom diaaaaaaaaa meus chuchus

  5. Bom diiia,
    Gentee, alguém me confirma uma informação:
    O segurado especial que contrata empregados de forma temporária e que realiza venda direta da produção dele, tem que recolher a contribuição até o dia 7 do mês subsequente? Eu anotei aqui no caderno, da aula da lilian, mas não estou encontrando isso na lei.

  6. …limitada a dedução a 9% do respectivo
    salário de contribuição.

    Não entendi esta parte, alguém saberia explicar por favor???

    • Acredito q seja pq dos 20% q ele contribui normalmente, quando prestador de serviços, ele pode reduzir a contribuição dele pra 11%, ou seja , o máximo q ele pode reduzir em sua contribuição é 9%. 20-9= 11

    • Nossa Denise,você salvou nossa vida kkkk
      Sempre lia esse parágrafo e ficava viajando pra entender.
      Mas,é isso mesmo.. Lembro que no RETA FINAL a Lilian falou que o CI prestador de serviços contribui 9% sobre o salário de contribuição dele.

      Obrigadaa xD

    • Maria Helena,acho q vc confundiu. O CI prestador de serviço contribui com 11% do seu salário de contribuição. #TMJ \o/\o/\o/

    • 11%.. isso mesmo uahuahauah
      Eu vi o 9% ali em cima e digitei errado.
      Perdão,meninas

  7. No entanto, nos termos do Art. 30, §§ 4º e 5º, da Lei
    nº 8.212, de 1991, o segurado Contribuinte Individual
    que prestar serviços à empresa, inclusive por meio de
    cooperativa de trabalho, poderá deduzir da sua contribuição
    mensal, quarenta e cinco por cento da contribuição
    da empresa, efetivamente recolhida ou declarada,
    incidente sobre a remuneração que esta lhe tenha
    pago ou creditado, limitada a

Os comentários estão fechados.