Ninguém tem a obrigação de passar……..

capa_125189_1347476912Meus caros, o ano de 2016 já chegou no seu quarto mês e quando menos percebermos já será o final do ano e quando piscarmos.. .bummm 2017 chegou!

Pensando nisso, vou fazer essa postagem para todos que irão fazer o concurso do INSS e também para os que estão na fase de preparação para outros concursos!

“Ninguém tem a obrigação de passar, mas todos que estudam de verdade tem a obrigação de no dia da prova dar o seu melhor e se aquele melhor não for suficiente…. continue sem parar um dia, que de melhor em melhor sua vitória com certeza chegará!”

O ano de 2016 esta sendo dividido em duas faces. A primeira para os que vão vencer e para tantos outros será um ano de pura preparação e oportunidade.

Aos primeiros que vão fazer o tão esperado concurso do INSS:

– Muitos que estão lendo esse texto nunca se dedicaram tanto a um projeto como fizeram nesses últimos tempos. E com essa responsabilidade vieram as ansiedades, as cobranças e as criticas de quem não entende o que passamos. Eu  posso ficar aqui escrevendo longos textos e ainda assim não conseguirei atingir seu coração, mas usando um exemplo real sei que a essência vai tocar você!

Um menino chamado Jerônimo.

– Bem, sei que se o Jerônimo ler essa postam vai ficar puto da vida comigo, pois ele é muito reservado. Mas sei também que por uma boa causa a história dele poderá mudar a vida de milhares de alunos.

O Jerônimo estou comigo entre o final de 2010 e final de 2012. Vi esse menino esforçado se matar de tanto estudar. O cara sempre foi um dez. De família boa, muito educado e acima de tudo muito destemido. Ele fazia todos os simulados, não perdia uma aula e todas as perguntas eram 100% pertinentes. Bem, nem preciso falar que com esse desempenho muitos – sem o direito de fazer isso – viviam implicitamente jogando a carga que ele tinha a obrigação de passar no concursos do INSS.

Bem, o concurso de 2012 chegou e com ele toda a preparação comum que fazemos no Alfa! Aulas de segunda a sexta, sábados o dia inteiro, revisões e simulados aos domingos e muitos madrugadões. Confesso que ele era o “top 10” de aposta até mesmo dentre os professores como o aluno que “não tem erro”. Toda vez que eu escutava esse papo eu ficava puto da vida e falava aos professores:

“- Pessoal, parem com esse negócio de jogar carga nos alunos simplesmente porque eles estão indo bem no simulado. Concurso é o dia, o momento e um conjugado de fatores que determinam a aprovação do aluno. Na prática o cara pode ser o melhor do mundo e a “prova não vir para ele”!”

Nunca gostei que os alunos absorvessem essas cargas, pois ninguém tem a obrigação de passar. Concurso foi feito para se fazer 20 e passar em um, mas esse um será o concurso da sua vida!

Pois bem, o dia do concurso chegou e o Jerônimo foi muito bem, salvo engano fez 52 pontos de 60 possíveis pela FCC. Contudo, o local que ele escolheu para a prova foi um dos que tiveram a maior nota de corte daquele concurso. Para se ter um ideia o Willian Pascoal (que hoje é PRF) foi primeiro colocado na localidade que fez com apenas 49 pontos.

Um dia após o resultado o Jerônimo estava completamente arrasado. Eu chamei ele na sala 09 do curso e tive a seguinte conversa.

“- Meu brother, levante a cabeça e recomece a estudar JÁ! Esse concurso já passou e o que ele deixou de bom foi a bagagem adquiria das matérias, afinal de contas Língua portuguesa, informática, RLM, Matemática, Administrativo e Constitucional você esta cortando firme. Vamos encaixar você em outra carreira e “torar o pau” de estudar.”

Conseguimos convencer ele a migrar para as carreiras policiais  – vindo de mim…óbvio :-) ! O desafio era em curto espaço de tempo treinar ele em Direito Penal, Processo Penal e leis especiais (que se diga de passagem…é muito mais simples que previdenciário) e matérias específicas como contabilidade, AFO, Administração e economia.

Ele acreditou na ideia e “caiu matando” nas matérias, pois tivemos cerca de seis meses entre o concurso do INSS e a prova da Polícia Federal. Meus caros, vi o cara praticamente “se derreter” de tanto estudar. Quem me conhece sabe que meu apoio as vezes é estranho, pois cobro muito a responsabilidade que o aluno deve ter com ele mesmo e não sou muito de dar colo! Acompanhei toda a trajetória  e sem ele ter noção ele me contagiava de uma forma insana. Eu passava as madrugadas “advinhando” as questões da minha matéria e me matando de estudar para não deixar passar uma dúvida sequer, afinal das contas eu tinha uma vida que acreditou na ideia que plantei!

Bem, o concurso de agente da Polícia Federal veio naquele ano e ele classificou como o 501 de 500 vagas. Logicamente foi chamado e hoje é policial federal do Brasil!

Conclusão: Em primeiro lugar peço desculpa ao Jerônimo por escrever aqui a história dele, mas sei também do tamanho do coração daquele menino e do quanto ele se dedicou e o quanto ele foi forte e determinado quando o fracasso veio! Meus filhos, o grande desafio não é vencer e sim ter força quando os fracassos vierem, ter a capacidade de levantar a cabeça quando coisas dão errado. Costumo dizer que meu chão é feito de mola, assim toda vez que eu caio ele me impulsiona para cima!

Dia 15 de maio teremos apenas um de muitos desafios em nossas vidas. Para os que passarem a estrada estará no fim, para os que caírem e persistirem estarei aqui, sem nunca desistir de ajudar você a realizar todos os seus sonhos!

É a quantidade de esforça seu hoje que vai determinar seu sucesso amanhã!

P.s: Podem sempre contar comigo e com minha equipe! Somos 100% apaixonados em mudar a vida de nossos alunos, por isso defendemos tão ferrenhamente uma bandeira. Todos aqueles que não são leais, que não escolhem uma casa, estão fadados a médio prazo ao fracasso! Escolha você sua casa e vá com ela até o final!

Alfartanos, força!



94 comentários sobre:
Ninguém tem a obrigação de passar……..

  1. Israel comentou em :

    Quando li esse posto eu decidi: Não me chamo mais ISRAEL,me chamo Jerônimo,me inspirou e muito essa situação.Vale apena toda dor,choro,desapego,dores musculares,bunda quadrada e suada de tanto estudar,renuncias,estou numa fase legal .Saio para trabalhar cinco da madruga,chego 19:00 hrs,,estudo até meia noite,final de semana 12 horas por dia e estou colhendo os frutos,se a prova fosse hj,seria dez.

  2. veronica- Goianésia, goiás comentou em :

    Boa noite pessoal…sabe quando dá aquele desanimo que você ta estudando para morrer e parece que não sabe nada??? to assim buáááááá

    • Queiroz comentou em :

      bem assim ….. trabalho o dia todo chego em casa a noite e vou estudar …mas parece que não sei nada…. e ainda ter que lhe dá com piadinhas de amigos… é f….

    • Israel comentou em :

      Colegas somente nós mesmos podemos mudar essa situação,peça ao Papai do Céu forçar que vão conseguir,não percam a concentração,sejam determinados,façam exercícios,treinem bastante,façam atividade física e não partilhem seus sonhos com ninguém,traz coisa ruim.Abdiquei de Televisão e Facebook por um tempo,abdiquei de rodas de tereré por um tempo,abdiquei de jogos de futebol por um tempo,vale a pena.

  3. Daniele - PR comentou em :

    Bom dia!

  4. Gabriel de Vargas comentou em :

    Este comentário é exatamente pra mim! E, se Deus quiser, quero repetir a história do Jerônimo. Talvez conseguindo primeiro o INSS e depois a PRF. Força, Determinação e Foco não faltam. Alfartanos, Forçaaaaa!!!!

  5. Káryta (Brasília- DF) ♥ Monitora Online AlfaCon ♥ comentou em :

    Bom dia!

  6. Maria Helena - Patos/PB comentou em :

    Bom dia.
    Algum monitor sabe porque que ainda não postaram a aula de Giancarla da semana passada,do RF? Já postaram a de terça,de quarta e a de quinta.

    • Leticia Teixeira - Monitora Alfacon Online - Salvador/Bahia comentou em :

      Já fez os 2 dias úteis?

    • Maria Helena - Patos/PB comentou em :

      Já,né? A aula foi segunda hahaha

    • Carol Buco Umª/Pr comentou em :

      Meu povo, as gravações da reta final estão desorganizadas.
      No primeiro encontro, referente à primeira semana, o direito administrativo aparece 2 vezes e aparece uma terceira vez no segundo encontro, mas só tiveram 2 aulas. A primeira aula de DP aparece no 2º encontro.
      Fica difícil de se localizar. Se deixar mais organizadinho fica melhor pra gente.
      Aquele abraço.

    • Leticia Teixeira - Monitora Alfacon Online - Salvador/Bahia comentou em :

      Carol, as correções já foram solicitadas a coordenação! Já estão arrumando! Em breve ficará tudo ok. Obrigada por informar e qualquer problema avisa aqui! :D

    • Carol Buco Umª/Pr comentou em :

      Valeu Leticia… Sempre ágil. :)

  7. Daisy Recife/PE comentou em :

    Sábias palavras, obrigada Evandro Guedes por deposita toda sua confiança em pessoas que você nem conhece. Admiro muito essa paixão que você tem pelos alunos.
    #ESTOUCOMALFACONATÉPASSAR

  8. Fredy - Anápolis - GO comentou em :

    Se não estivesse estudando no Menthes eu ira para cascavel este mês. Só iria sair de lá se fosse para a Academia Nacional de Polícia. Não quero outra coisa se não for PF (Agente de fronteira), nao enxergo outro cargo se não for agente da fedega. Estudar sozinho ta fodaaaaaaa…….

    • Fredy - Anápolis - GO comentou em :

      Não sei o custo de vida, mas o aluguel, encontrei casa de 600,00. Barato d+ comparando com Anápolis.

  9. JUAREZ JÚNIOR CCB comentou em :

    Vlw Evandro, DEUS TE ABENÇOE! Vlw mesmo!

    • Ludmila Santiago - S.M.A - Goiás comentou em :

      Força amigo! Deus esteja contigo! appD