A difícil mas simples arte de não deixar o aluno fazer merda!

vai estudar!Meus caros, a postagem de hoje vai ser inspirada na experiência que tenho com meus presenciais. Todos os dias a minha luta é por não deixar o aluno fazer aquilo que ele quer, mas sim aquilo que fará ele passar no concurso. O mais interessante é que eles estão aqui para estudar porque confiam em nossa capacidade de dar o melhor, contudo, tempo faz um efeito peculiar, que é o emburrecimento do cabra!

“Aprender a dizer não é uma experiência que vai mudar sua vida, mas somente se você for uma pessoa especial!”

Em 2013 tínhamos na mesma época abertos os editais de escrivão PF, Depen e PRF. Lembro-me como se fosse hoje que travei por completo aulas de trânsito e disse que só iria colocar 40 dias antes da prova, pois eu tinha um planejamento para focar os alunos nos concursos que estavam “na vez”! Bem, poucas as vezes vi tanta gente me criticar e no meio desse briga perdi alguns alunos. Mas tudo bem, a prova veio e somente 6 questões de trânsito caíram e daqueles que saíram para estudar e focar na matéria de trânsito ninguém passou!

Esse ano estamos com os concursos das carreiras policiais (PF, PRF, PCDF) fora da “bola da vez” e essas épocas são as que tenho que estar cada vez mais firme em minhas convicções para não deixar o aluno se perder e tenho que orientá-lo cada vez mais que o tempo é de saturar as básicas da área (que são 09 matérias).

Aqui é relação de filho, mesmo que o filho fique puto com o pai, ele deve sempre se manter firme!

O futuro!

2015 já praticamente acabou e 2016 está vindo com muitas surpresas e expectativas. Quem passou esse ano pensando em preparação entrará 2016 com a convicção de que o ano não foi de aprovação, mas sim de preparação!

Conclusão: Não nasci para agradar a todos, até porque isso não existe, mas nasci para resolver! Estou cada vez mais forte na convicção de que estudar para concursos é uma arte em fazer não aquilo que o aluno quer, mas sim aquilo que a banca vai cobrar! No fundo é a teoria do professor que agrada e o que resolve! Mais isso meus caros, quem deve decidir se segue é você!

Alfartanos, força!



40 comentários sobre:
A difícil mas simples arte de não deixar o aluno fazer merda!

  1. nataniel comentou em :

    Alfartanos, força!!!

  2. Anderson clayton comentou em :

    bom dia estou conhecendo agora seu trabalho Evandro,
    estou muito contente ja apliguei muitas coisas boas wleu?
    rsrs

  3. maria comentou em :

    Parabéns e sucesso Evandro!!! Bjs!

  4. Maria Luiza Prianti comentou em :

    Manda oi pra mim professor Evandro!! Alô você!!!

  5. Wellington Pinheiro comentou em :

    Evandro, cadê o professor de constitucional?

    Parece que os comentários estão sendo moderados, então não vou falar o nome….

    Assim não dá Evandro…..quem vai ser o próximo, o Thállius?

  6. Alisson dSS - São Luis-MA comentou em :

    É isso aí.

  7. jonnanthan gabriel comentou em :

    \o