HISTÓRIAS DE VIDA – REPUBLICAÇÃO!

 

“ATENÇÃO: TÃO OU MAIS IMPORTANTE QUE QUE A POSTAGEM É A LEITURA DOS COMENTÁRIOS, POIS A POSTAGEM É O MEIO E OS COMENTÁRIOS SÃO UM FIM A TUDO QUE DIRIGIMOS AQUI, QUE É A MUDANÇA DE VIDAS!”

(PRIMEIRA PARTE)

 Meus caros leitores e alunos, posso dizer que de 1998 até hoje minha vida deu uma reviravolta que por várias vezes ao dia chego a me perguntar se realmente é verdade. Estou tão calejado de levar pancada da vida que hoje, não me dou ao direito de achar nada ruim ou achar que as coisas não podem melhorar. Aqui, quero que vocês se apeguem, pois ter perspectiva é a chave para vencer na vida!

Gosto muito de falar desse carrinho que tive, pois ele foi uma ferramenta decisiva em minha vida. Sem ele, dificilmente eu conseguirá alcançar meus sonhos, não pelo bem material, até porque ele não valia praticamente nada, mas sim pela praticidade que ele me proporcionava.

Essa história começa em meados de 2003, nessa época eu estava ruim toda vida de grana e tinha tomado um pau no concurso da PRF que tinha perdido até o caminho de casa. Eu estudava forte para esse concurso com mais dois outros amigos, esse concurso tinha 2.200 vagas e chamaram 6.600 para as outras fases, os meus dois amigos – que estudavam menos que eu -, ficaram nas primeiras colocações e eu nem apareci na foto, bem, mas essa é outra história!

Nessa época, meu dinheiro acabou e a minha situação estava negra. Eu era soldado da polícia militar do Rio de Janeiro e ganhava uns R$ 750,00 salvo engano. Contudo, eu tinha um monte de empréstimo em contra-cheque e estava muito, muito enrolado, enfim, o dinheiro não dava para nada.

Nessa época, eu parava com tudo, menos de estudar, pode acreditar! Eu via na minha aprovação a saída para os meus problemas. Eu estudava aos sábados no curso preparatório na capital – estudava somente aos sábados de 07:30 as 19:30. O maior problema é que eu não tinha dinheiro para pagar as contas, fazer compras, pagar a mensalidade da van que me levaria para o curso e também não tinha dinheiro para pagar o curso, menos ainda para comprar livros.

Assim, eu era obrigado a trabalhar na PM, fazer segurança em um restaurante a madrugada toda, fazer segurança durante o dia em uma empresa de ônibus e ainda achar tempo para trabalhar no taxi do meu pai, isso tudo tendo que associar com o meu turno, que era de 19:00 as 07:00 da manha dia sim e dia não, ou seja, 12 por 36 horas e o que é pior, eu tomava conta de uma ponte – essa…….ufa!! é outra história!

Nessa época, eu andava a pé, porque tive que vender meu carro por conta de dividas, mas o pior é que com as seguranças e todo o resto – sem falar que eu morava longe pacas e a estrada era de chão e o que é pior o ônibus não chegava lá e obrigava a gente a andar uns 4 KM até minha casa – eu não podia andar a pé, assim, consegui financiar um carro em 36X, financiei um Kadet vermelho (muito feio) eu pagava R$ 336,00 de prestação e isso era praticamente o que eu ganhava liquido na PM. Em resumo, eu vivia de fazer bicos!

Certo dia, fui levar um amigo para que ele buscasse umas peças para a motocicleta 1.100 dele – ele era meu amigo, mas o serviço era de segurança mesmo, assim eu cobrava – e na volta capotei com meu carro e acabei com ele!

Resultado, endividado e sem carro. Parei de pagar o financiamento, parei de pagar minha casa pela CEF, parei com tudo e fiquei sócio Premium do SPC e do SERASA. Meus filhos, como viver minha vida sem um carrinho para que pudesse me locomover, carro não era luxo, era material de primeira necessidade. Naquela época eu conseguia viver até sem papel higiênico, dava para viver sem comer, mas não dava para ficar a pé!

Um dia após o capotamento eu entrei em desespero, achei que não tinha saída, mas acreditem, tudo, mas tudo mesmo pode parecer estar perdido que com um pouco de perspectiva tudo dará certo e foi exatamente o que aconteceu!

O ACHADO!

Um mês após o capotamento eu fui tirar serviço em outro batalhão e achei um colega de farda vendendo um golzinho 1988/1989 branco, meu Deus do Céu! Que carro feio era aquele. Estava todo arranhado, os bancos rasgados e o motor fazia um fumação, sem falar que ele não tinha praticamente documento. O cara me apresentou um documento ano 1992 todo rasgado e não tinha documento de compra e venda. Mas algo me chamou a atenção, o cara queria vender o carro por cerca de R$ 2.000,00 e segurava em cheque para 90 dias, eu claro, não tinha dinheiro e também não tinha cheque, pois já estava de sócio do SPC e SARASA, então o que fazer?

Achei uma solução pratica, se eu pedisse ao meu pai para me emprestar um cheque nesse valor, ele nem a pau iria me emprestar, então disse a ele que precisava de um cheque para fazer compras e que não deixava ser mais de R$ 100,00. Assim, peguei o chegue, e dei ao rapaz e disse a ele para não entrar antes. Meu povo, acreditem ou não eu consegui juntar aqueles dois mil reais em 3  meses e nem me pergunte como, pois trabalhei no taxi até de madrugada e detalhe, EU NUNCA PAREI DE ESTUDAR UM MINUTO SEQUER!

(SEGUNDA PARTE)

Meus povo, com aquele carrinho eu fazia minhas seguranças, conseguia ir e vir do trabalho para casa e tudo corria bem. O problema não era o documento do carro, pois como eu era policial tudo se resolvia na carteirada, sei que era errado, mas sei também que era por uma boa causa! O maior problema era o estado do carro, ele estava desmanchando. Em uma oportunidade eu estava indo para o trabalho e parei em um ferro velho. Vi que tenha uns kits de gás natural jogados no canto da loja e consegui (não queiram saber como) que o cara instalasse na mala do meu carro.

O problema (sei que estou repetindo a palavra problema, mas nessa época tudo era problema mesmo) era que o cara não estava nem ai para a instalação e colocou a botija na mala de qualquer jeito, soldou ela direto na mal, isso é coisa de maluco, mas foi assim mesmo que ele fez.

Bem, eu tinha ficado faceiro, pois com R$5,00 de gás natural eu ia para a universidade e voltava e ainda sobrava para ir trabalhar. Assim ficou por uns 3 meses, um belo dia eu sai de casa e a rua que dava acesso ao centro era de estrada de chão e havia chovido um dia antes, assim era só buraco. Contudo, eu sempre ficava com medo do gás natural acabar e eu ficar a pé (eu já tinha passado a maior humilhação da minha vida por conta disso!) , assim, eu sempre deixava uma reserva de gasolina no tanque de combustível e aquele dia era especial, pois eu iria colocar R$ 15,00 reais de combustível, algo inédito!

Meu povo, para minha surpresa o frentista me chamou assustado e disse o seguinte: O moço, acho que você perdeu seu tanque de gasolina, pois eu abasteci a caiu tudo no chão. Eu sai assustado e sem acreditar do carro e quando abaixei…. Não acreditei, realmente o tanque de gasolina tinha caído na estrada e como eu estava no gás natural não percebi, o pior é que a botija do gás natural que estava soldado no fundo do carro estava parecendo um míssel, pois foi ela que forçou o tanque para baixo! Naquele dia o frentista me deu uma solução momentânea que virou permanente: Ele me ensinou a colocar umas garrafas pet de 2 litros cheias de gasolina diretamente no carburador do carro e disse para eu comprar outro tanque, resultado, depois daquilo eu colocava umas 4 garrafas de 2 litros com gasolina na mala do carro, pronto resolvido, acabava o gás natural eu colocava a pet na frente do carro. Isso tudo, SEM NUNCA PARAR DE ESTUDAR!

Depois disso: O carro quebrou a maquina de vidro: Tranquilo, era só colocar um pedaço de pau no vidro e tudo certo, chovia, encaixava o pau, fazia calor, tirava o pau! Os pneus eram o mais fácil de resolver, pois sendo PM no Rio é só ir a um ferro velho e pegar pneus –SEMI NOVOS (risos). O carro quebrou no meio – literalmente -, sem problema a solda serve para isso mesmo! O carro se transformou em flex, pois a gasolina estava muito caro ai resolvi o problemas colocando 3 litros de etanol e 1 litros de gasolina, o carro tossia um pouquinho mas andava, isso era o mais importante! ( tem muito mais, mas deixa quieto -risos- )

Meu povo, você pode até não acreditar, mas foi ele que me ajudava a estudar as madrugadas quando eu trabalhava na PM, ele virou um escritório, repleto de livros e apostilas e era lá que eu montava meus planejamentos de estudo.

O DIA D

Um belo dia eu fui normalmente para o curso na capital, contudo, aquele dia tinha sido traumático, pois um amigo que estudava para auditor da receita já fazia uns 5 anos tinha ficado reprovado no concurso de auditor fiscal do Estado do Amazonas, ou melhor, ele havia passado, mas com mudança de gabarito ele ficou fora.

Viemos conversando e ao chegar a nossa cidade ele foi para o carro dele (uma parati velha) e eu para o meu sofridão. Meu povo, ele bateu a chave no carro dele e o carro não pegou, eu bati a chave no meu e advinhem? Não pegou também e como quem esta errado o universo conspira inteira contra, o céu resolveu ferrar de vez com a gente e mandar aquele temporal, resultado, fomos para casa humilhados ao extremo e chorando as magoas, mas SEMPRE SEM PARAR DE ESTUDAR!

Passei uns 2 anos com esse carrinho e vi ele e eu sendo deteriorados pela vida. Pensei em tudo, tudo mesmo, mas nunca pensei em PARAR DE ESTUDAR. Foi em uma noite de sexta feira dentro dele, trabalhando de guarda de ponte interditada que aprimorei um planejamento de estudo que se encaixou perfeitamente em minha realidade e que até hoje passo para meus alunos.

Conclusão: Sei que pode parecer besteira lembrar dessas coisas, mais isso serve para que você tenha uma noção que a sua vida não esta ruim. Isso tudo que passei tem pouco tempo e de tudo, de tudo mesmo, só tenho que agradecer a Papai do Céu, pois foi ele que me deu força para não parar de estudar.

Tenho orado muito por meus alunos e em especial pelos meus monitores ( que são um projeto especial em minha vida!) , mas não peço que eles passem em um concurso, não peço que eles tenham dinheiro ou que tenham uma vida fácil, peço somente que Papai do Céu de força aos corações para que eles não desistam de seus sonhos e que me mantenha forte aqui, todos os dias. Quem me conhece, sabe que choro junto – TODOS OS DIAS -, com meus alunos, pois na verdade, são meus filhos!

Por esse motivo, nessa fase de preparação esqueçam os filmes tristes, espelhem-se em histórias de vitórias, assistam a procura da felicidade e filmes que tenham o mesmo sentido, parem – com exceções desses filmes que só motivam -, de assistir TV, parem de festar, parem com tudo, esqueçam o lazer, esqueçam o conforto e entrem junto comigo e minha equipe nessa vida – louca – em busca de um lugar ao sol!

Não reclamem, não digam que não conseguem estudar, pois o difícil não é estudar, o difícil é acordar todos os dias, por toda uma vida e ir trabalhar em um lugar que você não gosta, fazendo algo que odeia e ganhando nada para isso. Ver seus filhos pedirem coisas simples e vocês terem que negar, ver sua esposa (o) pedir algo e você falar que não dá, ver seu pai doente e não poder ajudar, passar uma vida inteira comendo o que dá e nunca o que quer, comprando somente o que pode e nunca o que deseja!

Seja firme hoje, pois o sucesso é proporcional ao esforço que desprendemos e o seu futuro só pertence a você ! Seja vivo, fique firme e venha fazer parte dessa equipe vencedora!!! Não ache nada difícil, pelo contrário de graças a sua saúde! Venha você estudar, traga seu filho, seu irmão, seu pai, sua mãe! Tenha uma razão para ficar vivo, ficar vivo é ter esperança, ter esperança e ter força para trabalhar e batalhar por algo melhor, enfim, sinta-se vivo!

P.S: Para você que acha que tudo que digo é balela, que tudo que pensamos é demais para você: Sai do nosso site seu parasita, pois você só serve para contaminar os bons. Aos fracos pão água, aos fortes somente a vitória interessa.

Amo a vida de vocês – meus fortes guerreiros! Aos fracos, somente migalhas!!!

P.S: O carrinho me ajudou até a tomar posse, pois quando fui nomeado vendi ele por R$ 700,00, isso mesmo setecentos reais, assim paguei R$ 400,00 da viagem para o Paraná e ainda me sobraram trezentão para gastar! Imaginem a felicidade de quem comprou!

OBSERVAÇÃO: Postem comentários, pois é muito importante a sua opinião e acreditem, escrever ajudar a dar força para prosseguir nessa batalha!

Fé, força e rumo a aprovação e nunca se esqueçam: DEUS É PAI!



230 comentários sobre:
HISTÓRIAS DE VIDA – REPUBLICAÇÃO!

  1. jeanne arruda comentou em :

    moro tão longe, mas isso nunca vai me impedir de alcançar meus objetivos…FORÇA!

  2. Fernanda comentou em :

    Faca nos dentes e sem mimimi. O negócio é estudar até o sangue sair pelos olhos. Valeu Evandro pelos posts. São muito importantes para todos nós.

  3. Gustavo comentou em :

    Acabei de pegar 3 pauladas nas últimas provas da PF, do Depen e da PRF. Ficando com 42, 56, 58, respectivamente. Estou no Alfa há uns 8 meses. E apesar de não ter passado fiquei feliz com os resultados, pois me dediquei muito nesses últimos tempos. Depois de ler essa mensagem do Evandro tenho a absoluta certeza de que Deus olha por nós, pelo oque somos e fazemos(ri e me emocionei com as histórias contadas acima) Agraço em minhas orações por ter conhecido o Professor Evandro e sua equipe.
    Evandro, suas palavra tocam o meu coração de uma maneira tão forte que eu me sinto forte para continuar nessa luta que vai chegar ao fim com a minha mão levantada.

    Um abraço a vocês da equipe Alfa, todos os professores pela dedicação. Obrigado Evandro.

  4. Tiago Maia comentou em :

    Além de excelente professor, o motivacional e nota 1000 Evandro, tenho planos de em janeiro abandonar minha vida aqui no Rio e ir estudar ai no presencial. Por enquanto to juntando dinheiro aqui e ESTUDANDO é claro!!!!!
    FOCO, FORÇA E FÉ….

  5. Larissa comentou em :

    Motivação é essa a palavra principal da minha vida , conhecer o Alfa realmente mudou minha vida.Não é fácil estudar , ainda mais com a vida agitada que temos hoje em dia. Eu trabalho em uma empresa que não valoriza nada os funcionários. O motivo pelo qual eu ainda continuo la é simples, sem grana não pago as aulas nem as apostilas do Alfa. O mais legal de tudo isso é que eu não quero mudar de vida sozinha , mas sim que as pessoas ao meu lado também tenham essa mudança. Falei do Alfa pra geral la na empresa , falei dos concursos e como essa vida de funcionário publico é o paraíso, já consegui converter algumas pessoas para esse nosso “mundo” e fico feliz por elas.Sei que ainda falta muito para alcançar meus objetivos , mas de degrau em degrau eu chego la.
    Professores do Alfa mesmo estando muitttoooo longe de vocês , e saibam que minha vontade é enorme em conhecer todos , sei que lutam por nos e por nossos sonhos e quero agradecer a Deus por ter conhecido essa família. Já me sinto parte dela.
    Que Deus ilumine ainda mais a vida de cada um de vocês.
    ALFARTANOS FORÇA :D

  6. MICHAEL comentou em :

    Só estou conseguindo estudar e vencer as barreiras porque conheci o evandro esse camarada que me ajuda todo dia !!!!

  7. Thayana comentou em :

    Estas postagens só me fazem acreditar que tomei a decisão certa, larguei tudo para estudar. Cansei de ter um sub-emprego(como diz meu marido) levantei a cabeça após sofrer assédio moral do meu ex-chefe, e estou aqui a me motivar lendo postagens.
    Não é fácil ver que as pessoas de fora não entendem e acham que estou tirando férias, acham que estudar não é nada e tentam nos diminuir a qualquer custo. Mas aprendi também a ignorar comentários e olhares. Claro que isso incomoda, ainda mais quando vem de pessoas que temos carinho, mas enfim, é escutar, esquecer e focar no meu objetivo maior: mudar de vida.
    Obrigada Evandro e a todos os professores que sempre nos motivam com um carinho enorme por nossas vidas e sonhos.

  8. MONICA LOPES DE SOUZA comentou em :

    Evandro, voce sempre me emociona com suas estórias. Me faz acreditar que possível. Desde que conheci o Alfacon tenho conseguido estudar. E as vezes quando o cansaço me desanima ouso suas aulas ou leio seus textos recarrego minhas forças e continuo a estudar. Até passar. Deus abençoe voce e sua família Alfartana! Monica – Brasília

  9. Marcos Vinicius Alonso da Silva comentou em :

    Evandro, suas palavras nos inspiram D+.
    Sempre fico a me perguntar. Porque as coisas não acontecem em minha vida.
    Pois a resposta é muito simples. Observando histórias de vida, como a sua e muitas outras pessoas (Que vejo, somente aqui no BLOG), vejo o quanto ainda tenho de crescer e acreditar mais em mim mesmo, graças a DEUS, tenho uma esposa e família que me apoiam muito. Por isso devo honrar todo o apoio que recebo, tanto de minha família e esposa, quanto de vocês. Pois sem sacrifício não há vitórias.
    Muito obrigado a todos da Família ALFACON. E Evandro, continue sendo esta pessoa iluminada, que DEUS te de em dobro todo este bem que você transmite as outras pessoas.
    Um forte abraço.
    ALFARTANOS FORÇA !!!!

  10. larissa guimarães - areia branca RN comentou em :

    minha vida é tão ocupada, que não tenho tempo nem para dar uma boa postagem ate mais vou estudar……… alfartanos força!

  11. GENILSON DOS SANTOS comentou em :

    ME IDENTIFICO DEMAIS COM ESSA HISTORIA ATÉ ENCHI OS OLHOS DE LAGRIMAS POIS TENHO ESSA MESMA FORÇA DE VENCER QUERO UM DIA PODER CONTAR ESSA MESMA HISTORIA P/ MEUS FILHOS!!

  12. Mayra Virgínia comentou em :

    Conclusão: olhando para o que Evandro passou sou rica e não posso pensar em desculpas para não estudar!!!FATO!

  13. MeireGomesdaLuz-Palmas-TO comentou em :

    Mestre, que história!!!

    Realmente, é lendo as dificuldades que os outros passam que podemos medir os nossos problemas diários e perceber que eles não são tão grandes assim. Os comentários aqui são interessantes e provocam emoções quando lemos: uns dão vontade de xingar de tanta bobagem, outros dão vontade de chorar (comovem) e outros dão vontade de rir! Mas o legal é que são históricas de vidas e é a vida. Obrigada por compartilhar!

    Frase mais importante da postagem: “Ter perspectiva é a chave para vencer na vida!”

  14. Welder Sousa comentou em :

    É por isso que quando ouço pessoas dizendo que o Evandro é arrogante digo: ele não é arrogante, é que ele já levou tanta pancada da vida que isso fez com que ele ficasse com “a personalidade forte”.

  15. Daniela Schmatz comentou em :

    Caramba! Você realmente é o cara!
    Descobri vocês, buscando material na internet para estudar para o concurso de secretário de diligências do MP-RS. Certamente foi um aviso de Deus dizendo para eu não parar de estudar nunca mais!
    Como trabalho o dia inteiro em uma aduana, chego em casa morta e não consigo estudar, durmo em cima dos livros. Por isso, resolvi inverter as coisas: chego em casa, tomo banho, janto e vou dormir, acordo as 3h da manhã e mando brasa até as 6:30. Sei que não vou passar agora, mas meu dia vai chegar e, graças à motivação de vocês, eu não vou desistir nunca.
    Obrigada Evandro por ser tão especial e por transformar a vida das pessoas.

  16. Lucas Oliveira comentou em :

    História duríssima. Sua perseverança lhe tornou grande. Em lembrar que faço meu curso presencial numa distância de ida e volta de 64 km, isto me dá forças pra fazer valer a pena. Deus e eu sabemos o quanto quero vencer. Sua história, Evandro, também me inspira. Em nome de Jesus irei saborear a vitória. Obrigado pelo compartilhamento de vida e dos cursos gratuitos que muito vem me ajudando. Acho que esse ano meu desejo de ser PRF foi frustrado, mas vou tentar os anos subsequentes. Valeu!

  17. suzana borges comentou em :

    Trabalho a tarde toda num solão de mais de 40 graus andando numa bicicleta dura e cheia de problemas,mas sempre sendo gentil e fazendo o melhor do meu trabalho,sou carteiro ,e olha que estudei pra passar nesse concurso,mas me acomodei em 2005 quando entrei,no final de 2011 decidi que precisava mudar,desde então estou na luta,mas meu tempo é curto e o cansaço as vezes bate com força,largar o trabalho não posso e olha que já sonhei muitas vezes em pedir demissão,mas sigo firme porque sei que todo meu sacrifício de hoje vai valer a pena amanhã,um grande abraço Evandro e agradeço por você ter cruzado meu caminho.

  18. Jones Ricardo comentou em :

    Nossa rachei de rir, me deu até uma tosse, – Moço acho que vc perdeu seu tanque de gasolina.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Faltou citar a parte que a filha dele pergunta se pode sentar no banco de trás, pois no banco traseiro enchia de poeira. Evandro depois de lançar o livro, faça um filme.

  19. Gabriele comentou em :

    Estou fascinada com essa equipe abençoada, confesso que tenho tentado passar em alguns concursos públicos e já havia desistido! Quando assisti uma aula de direito administrativo, parece que ressuscitaram alguns sonhos que estavam mortos!!! Meu maior sonho é passar para a Polícia Federal, depois do que li, vou retornar as minhas metas e firmar os antigos sonhos…
    Que Deus abençõe vocês e ilumine seus caminhos!
    Obrigada pela sua força de vontade, ajudou bastante!!!
    Bjs e fiquem com Deus!

  20. clodoaldo - Missal- PR comentou em :

    Certo dia, o Papa Júlio II olhava para Michelangelo, que esculpia com força um bloco de mármore.
    Ele perguntou-lhe: “Mas porquê bates com tanta força?”.
    Miguel Ângelo respondeu-lhe: “Não vê que há um anjo prisioneiro dentro do bloco de mármore? Eu trabalho para o libertar”

    Evandro Guedes: o Michelangelo dos concursos públicos, esculpindo novos vencedores.
    serei um deles .. obrigado…