As porradas que tomamos da vida!

ROCKYMeus caros, sempre que posta aqui alguém me pergunta se estou escrevendo algum livro de motivação ou alto ajuda! Bem, na verdade abomino a ideia de auto ajuda e motivação não sou eu quem faço, é você que decide ter a partir de alguma coisa que se inspira. Mas para responder a essa pergunta – que é recorrente – vou abrir meu projeto para vocês! Estou sim, escrevendo não um, mas vários livros e um em especial é bem parecido com as postagens que faço aqui, mas esse meus caros – a princípio – não possui nenhum fim comercial, pois estou escrevendo ele para Yasmim, minha filha!

Na verdade, pego toda a minha experiência de vida e a experiência de vivenciar todos os dias a vida de milhares de pessoas e condenso em um pequeno manual para vida, mas isso meus filhos, não tem segredo algum! Mas tudo bem, resolvi hoje separar um capítulo pequeno e postar aqui! Sei que muitos irão se ofender com as verdades, outros entrarão aqui e literalmente “falaram merda” (o pior é que é denotativo mesmo, ou seja, escreverão “merda”). Mas o importante são nossas convicções e nossos princípios, mas isso meus caros, tenho de sobra!

O caráter não nasce conosco!

Geralmente quando falo a cerca de um assunto, costumo pesquisar a etimologia da palavra núcleo, mas no caso da palavra caráter não fiz e nunca vou fazer isso, pois acho que o caráter é algo vivo e em constante evolução. Ter caráter a princípio depende de como você optou por viver ou mesmo o que quer de sua vida. Dessa forma, devemos sempre avaliar o certo ou o errado quando tomamos uma decisão e decisões devem ser tomadas baseadas em histórias passadas e perspectivas futuras.

Em meados de 1998 eu estava como soldado da Polícia Militar do Rio de Janeiro e na época vibrava com o meu serviço. O problema fundamental aqui é que eu não pensava muito no futuro, nas coisas que eu deveria projetar para ter uma estabilidade financeira, ora, afinal das contas eu ia ser o chefe de uma família.O tempo foi passando e a situação financeira foi indo para o buraco, coisa normal, pois com esposa, filho, contas e todo o resto o dinheiro que ganhava não dava nem para o início!

O pior era olhar para os lados e ver que todos tinham uma grande sensação de conformidade com a vida! Isso mesmo, os meus pares e minha cidade – com exceções – viviam a vida que a vida reservou para eles, isso mesmo “reservou”! Ninguém queria fazer o diferente, o novo, o mais difícil. Sempre tive um lema – que era me espelhar em pessoas de sucesso e tive alguns ícones que me inspiraram a seguir o caminho do estudo!

Naquele ano, fui a uma banca de jornais e comprei dois volumes de apostila para o concurso da Polícia Federal! Legal, minha solução de vida estava ali e já tinha programado tudo. Dessa maneira, fiz um plano para estudar por 2 anos e chegar forte no concurso e tudo estava casando, pois eu iria terminar a universidade no final de 1999 e no próximo ano ia arrebentar na prova!  O mais difícil era não ter com quem compartilhar ou mesmo pedir orientações, assim, segui dois anos com as apostilas e mais alguns livros que meu cunhado – que é advogado – doou para mim!

O problema é que ninguém me avisou que livros velhos de direito não serviam para muita coisa – na época eu estava formando em Administração de empresas, ou vulgo curso de “porra nenhuma” – e que apostilas fora do conteúdo só iriam fazer com que eu andasse para trás, mas tudo bem, enterrei-me forte e fiz simplesmente um resumo dos dois volumes da apostila, sabia página do assunto, páginas das questões, enfim, tudo mesmo!

O grande dia da minha havia chegado e fui fazer minha prova na Suam em Bonsucesso, bairro da cidade do Rio de Janeiro! Meus caros, quando abri a prova não sabia se ria ou se chorava, bem, caiu tudo, tudinho mesmo na prova que não estava na apostila, ou seja, descobri no dia da prova que a apostila era um manual de como não se faz prova! O legal é que na época a internet não dava boca a ninguém – e a maioria dos sites ainda não dá, pois seus comentários são sempre moderados antes das publicações -, dessa forma, reclamar para quem?

O pior não foi fazer a prova, o pior foi corrigi-la e descobrir que fiz -8 (menos 8) pontos na CESPE/UNB! Aquele dia fui apresentado ao formato CESPE/UNB, praticamente um casamento arranjado em que o noivo não conhecia a noiva! ali começava a construção do meu caráter!

A Tatiana estava do meu lado no dia da correção e nada falou, meu cunhado, nada falou, minha irmã, nada falou, somente quem falou foi quem me via estudar, esses meus caros, ficavam perguntando a cada minuto por longos meses como eu tinha ido na prova, como eu não passei se eu estudava daquele jeito, outros diziam que nem estudar eu estudava! Tudo bem, resolvi dar um tempinho, não nos estudos, mas sim no que as pessoas falavam de mim!

Naquela época, aprendi e construí a frase que utilizo até hoje:

‘Quanto menos pessoas souberem de sua e seus projetos, mas feliz e bem sucedido você será!”

Conclusão do Capítulo: A auto ajuda é quando falam para você como você deve fazer para conduzir sua vida e isso nem de perto é o objetivo dessa obra! A todo o momento narramos situações reais e desdobramentos naturais de nossas vidas, mas é você que decide o caminho que quer tomar! O caráter de uma pessoa nasce incompleto e ele vai sendo construído ao longo de uma vida. O importante é saber que vivemos em sociedade e observar é extremamente fundamental para montagem do nosso caráter, por esse motivo nos espelhamos em boas ações e boas histórias para seguir uma vida de sucesso! Já dizia o velho ditado popular: “Nada se cria, tudo se copia!”

Assim, resolva seu futuro agora, nesse instante e não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje, o gordo bobão é o sarado malhadão invejado de amanhã, o fracassado da família pode virar o exemplo maior, o drogado de hoje pode ser o exemplo de superação no futuro, mas isso depende sempre da decisão que tomamos, mas uma coisa eu alerto: Decisões rápidas e ações imediatas são fundamentais para um futuro promissor!

Filho, ou você vence pelo talento ou vence pelo esforço, aqui quero fazer uma parada para dizer: – Nunca fui talentoso e só consegui conquistar minha vida através do esforço, com horas de dedicação e muitas noites sem dormir, estudei no trabalho, estudei de folga, estudei as manhãs, tardes e noites, fui criticado, xingado, humilhado e desafiado e reverti isso tudo em prol de um fim único, que era vencer na vida!

Por fim, não culpe o local onde você nasceu ou a estrutura de sua família, inove, reinvente-se, supere-se e faça planos audaciosos para sua vida, pois se acreditar firmemente nisso, ninguém poderá vencê-lo!



96 comentários sobre:
As porradas que tomamos da vida!

  1. MeireGomesdaLuz-Palmas-TO comentou em :

    Muito legal… cresço todos os dias com suas experiências de vida.

  2. Fernanda comentou em :

    Ola amigos do Alfa, ei adquiri um módulo de conhecimentos bancários da caixa e gostaria que fossem sinceros comigo, eu assistindo as aulas e estudando através do material em pdf, é o suficiente ou terei que acrescentar uma apostila sei la´, aguardo – beijo
    Fernanda.

  3. Wellington Pinheiro comentou em :

    Alô Evandro,

    Me chamou atenção vc dizer que fez sua prova da PF lá na SUAM DE BONSUCESSO, pois fiz a prova da PRF lá também. Se soubesse dessa informação antes da prova, tinha ido com mais inspiração….rsrsrs

    Abraços,
    Wellington – Vila Isabel – RJ.

  4. diego - Boa Vista - RR comentou em :

    Evandro por mais que vc não queria elogios não tem como não elogiar!!! Vc n tem noção do quanto é idolatrado por essa galera que estuda e vê seus vídeos na net!! Vc é fonte de inspiração pra muita gente e o alfa só é o que é pq tem um cara motivado e pra cima como vc… sei que é uma equipe… mas mesmo vc não se considerando, vc é a estrela da cia!! Vc é a alma do Alfa… e por favor não desista de nós nunca… muita gente precisa de vc e de ouvir suas broncas…. obrigado!!! já prometi pra mim mesmo que no dia q mudar de vida vou em cascavel pessoalmente lhe dar um abraço de muito obrigado… mesmo vc n sabendo quem eu sou, obrigado por tudo!! fica com Deus e força!!!!

  5. Josué Oliveira comentou em :

    É fácil alcançar a motivação o difícil e mante-la, tantas vezes que fiquei animado, foram as vezes que fiquei desanimado. Por isso temos que lutar constantemente para manter a motivação, sempre quando estou no desamino procuro as postagens do Evandro, é incrivel como ele nos motiva. Obrigado Prof. Evandro.

  6. Jéssica Marques comentou em :

    Valeu equipe alfa, lei todos os dias as postagem e me motivo cada vez mais. Patricia Muta ainda não te disseram que a vida de concurseiro é solitária, você precisa ver mais depoimento dos professores essa guerra é só sua.

  7. Fábio Luiz comentou em :

    perseverança Patricia, sei que é triste quando pensamos que nosso esforço está sendo em vão, mas acredite todo esforço que você está fazendo é em prol de sua própria recompensa, eu já recebi um alô do che e foi muito legal, no momento me senti no presencial.Mas o que digo pra você é que estude que vai conseguir, e em relação aos contatos, realmente são difíceis mais é só postar nos lugares certos e nas horas certas que vão ler sim.

    ps.:não sei se ajudei mas gosto de poder fazer algo, e tentar pois é tentando que se consegue, se não tentar não se tem a vitória.

  8. Rodrigo Rogério comentou em :

    Evandro quero seu livro meu brother…

  9. Wilson Rodrigues comentou em :

    muitos tem ídolos da musica,luan santana e outras marmotas ,mais meu ídolo e esse cara ”Evandro Guedes”..tenho 18 anos conheci o alfa a alguns meses atrás ,estava naquela fase de decidir por qual caminho eu devo seguir, Foi quando Deus colocou em meu caminho Evandro Guedes e toda família alfa,eu falo especialmente Evandro Guedes por ter sido atravez dele o meu primeiro contato com a realidade,e acordar para a vida, moro em um lugar muito distante de cascavel,na minha primeira conquista eu irei para cascavel especialmente para conhecer as pessoas q mudarão minha vida,e nox parceiro.

  10. Elis Rute - Fortaleza/CE comentou em :

    Sempre pensei em fazer diferente, nunca me acomodar, só pensei. Agora, enfim, estou tendo ATITUDE. E você me motiva muito a não desistir.

  11. Patricia Muta comentou em :

    Te admiro. Tava pensando aqui que já tentei falar com vcs de todas as formas. Face, fórum, blog, site… Perguntando sobre a matéria, pedindo orientações sobre concursos locais, pedindo abraço pra minha cidade nos madrugadões… Nunca ninguém responde nada. Vc parece próximo mas ao mesmo tempo inatingível. Deixei de me inscrever num concurso que tinha uma dúvida que perguntei em todos os canais de atendimento daí. Vejo vcs responderem aos meus colegas alfartanos. Não tenho apoio da família pra estudar. Me sinto só. Se é que alguém vai ler isso, desculpe o desabafo.

    • Ly comentou em :

      Oi Patrícia, tudo bem!
      No começo eu não tive apoio da família
      e aqueles que não acreditavam nos estudos
      hoje está estudando e de quem eu queria muito
      apoio hoje está me apoiando” é claro eu queria ficar
      só estudando” mas estou recebendo mais apoio
      E sei que só depende de mim ter mais disciplina,me
      motivar e não desistir porque vai valer a pena.
      Deus te abençoe!

    • ricardo comentou em :

      Patricia Muta…apenas não desista! Não desista de você, de lutar por aquilo que seu coração deseja!

    • Almir comentou em :

      Oi Patricia! Vivo a mesma situação q vc. Tb não consigo falar com ninguém do ALFA, já tentei muito falar com o Evandro e nunca obtive retorno. Continuo escrevendo como forma de desabafo mesmo. Moro em BH e aqui eu não tenho apoio de ninguém, apenas críticas. As pessoas simplesmente não entendem o q é estudar para concurso, os estudos solitários, os editais, as bancas, a dedicação… Meu porto seguro foi encontrar o Alfa e colegas virtuais concurseiros. Gostei de ler o seu desabafo, às vezes acho q sou só eu q me sinto assim… rsss… Um dia vou ler a sua aprovação! Abraço! ALMIR Alfartano!