ACHAR O CONCURSO CORRETO É FUNDAMENTAL PARA SUA PREPARAÇÃO!

 
Identificar o tipo de concurso que se quer prestar é fundamental
Meus caros alunos e leitores, o  desconhecimento das atribuições dos cargos almejados por muitos candidatos a concursos públicos pode transformar o sonho de uma vida estável e tranqüila em frustração. É por isso que antes mesmo de iniciar os estudos para um concurso é importante conhecer a área de atuação do cargo pretendido bem como as possibilidades de promoção.
Dessa forma, a identificação do tipo de concurso que se quer prestar é fundamental para iniciar um programa de estudo específico para a prova, tendo em vista que os programas para concursos exclusivos para carreiras jurídicas e concursos que não são particulares para os bacharéis em direito variam consideravelmente.
Assim, Português, informática, RLM, atualidades, Direito Constitucional e Direito Administrativo são matérias abordadas em qualquer concurso e, se ainda houver dúvida sobre qual prestar, deve-se começar a estudar por elas.
Conclusão: Uma vez inscrito num concurso, leia de forma detalhada o edital, estude o programa do concurso e trace uma estratégia de estudos. Lembre-se sempre de que o número ideal de horas de estudo é o máximo possível, mas sem sacrifícios excessivos, pois sem saúde física e mental é impossível absorver qualquer conhecimento. A cada dia estude aquilo que foi planejado previamente, nunca crie a ilusão de que após um dia perdido de estudos é possível compensar as perdas no dia seguinte, pois é imprescindível ser disciplinado para se ter sucesso.
 
E lembre-se que é a tríade dos concursos públicos que irá ser decisivo em sua vida, ou seja,
TURMA REGULAR + EXERCÍCIOS + SIMULADOS!
FIQUEM LIGADOS NO GABARITO EXTRA-OFICIAL DO MPU
mpu extraoficial


47 comentários sobre:
ACHAR O CONCURSO CORRETO É FUNDAMENTAL PARA SUA PREPARAÇÃO!

  1. Ricardo comentou em :

    Grande Evandro, quando soube que você já foi PM, me alegrei muito saber que vossa senhoria consegui o sonho em ser servidor Publico Federal. Eu sou SD PM já a 16 anos, Enfermeiro com pós graduação. Já estou nessa vida de concurceiro à um ano e cinco meses, em busca da PF, estou escrito no certame que esta suspenso. Tenho aqui na Bahia uma oportunidade parecida em termo de conteúdo e banca examinadora o CESPE é que o responsável pelo concurso da PC-BA. Não é o que eu quero ainda mas serve de treinamento para à PF. Suas sugestões me ajudaram muito no plano de estratégia para a minha batalha que vem pela frente. A prova da Civil que acontecerá no dia cinco de maio é um grande teste para mim. Entre a PM e a Civil se o certame da PF não abrir, fico com a Civil. Você já foi militar e sabe quantas dificuldades nós passamos com os Oficiais e o regulamento e como eles dificultam para o praça estudar, quero dá aquele tão sonhado grito de liberdade e dizer que estou livre da PMBA. Espero ter essa alegria se Deus assim me permitir. Outra, é que infelizmente não fiz o alfa concursos pois estava escrito já em outro cursinho preparatório e não sabia do alfa, fica para os próximos certames. Valeu irmão e um abraço.

  2. Fabricio Araujo comentou em :

    HISTÓRIA PESSOAL MOTIVAÇÃO ACONTECEU COMIGO LEIA ATÉ O FIM CONCURSEIRO

    Galera, gostaria de compartilhar uma história pessoal, vivida na prova do TJ. Se vc realmente for “concurseiro”, está cansado e pensando em desistir, disponha um pouco do seu tempo e leia, pois valerá a pena. Prestei a prova do TJ – SP, aplicada em dezembro de 2012 e por causa de tempo, faculdade e vários compromissos, fiquei por décimos e não fui a segunda fase em RP (maior nota do estado). Superei, estudei esse tempo todo com afinco e não fui tão bem quanto esperava. Pensei em desistir. Mas, além de tudo, uma coisa me chamou a atenção, durante a prova recente aplicada em abril, e gostaria de compartilhar. Quando sentei na primeira cadeira,tenso e pensativo como todos, ao meu lado,tinha um rapaz PNE, cadeirante, e como é comum em provas, isso é frequente para nós. Mas durante a prova, uma coisa me chamou muito a atenção e me fez refletir…. o rapaz estava em uma cadeira de rodas, mas não sei ao certo, paralisia ou nascimento, ele não tem o movimento nem das pernas e BRAÇOS. Isso mesmo que pensou, ele fez a prova toda com a boca, segurando o lápis com os dentes e assinalando, não observei, mas imaginei a matemática e até o resto. Cada página que ele terminava, pedia auxílio para a fiscal de sala virar a folha e o detalhe, sempre com um sorriso no rosto. Parecia estar gostando da oportunidade em participar do certame, de ter sua oportunidade. Não fiquei observando, pois concentrei-me na prova, mas aquele rapaz me fez relfetir. Vi meu resultado, não foi aquilo que esperava, pensei em desistir por várias vezes após o esforço, mas melhorei e aquele “guerreiro” me fez pensar e muito nisso. Reclamamos de tudo, de estudos, cansaço, nota, mas esquecemos que temos oportunidade de estudar em boas condições,refiro-me a várias coisas, como materiais, internet, um lar …. e aquele “guerreiro” nos deixou uma boa lição de vida e de superação. Fica aqui minha humilde declaração convivida para aqueles que lutam e estão quase lá e pensando em desistir e aqueles que conseguiram e estão quase lá, dediquem-se com valor pela oportunidade. O guerreiro, ensinou-me uma lição para toda vida, e mesmo não conseguindo novamente, Deus me deu a oportunidade de vivenciar isso e repassar a todos esse fato que nos move e nos faz refletir e não RECLAMAR, pois tem gente em situação inferior a nossa e mesmo assim luta com sorriso no rosto pela oportunidade. Vi casos de pintores que pintam com a boca, mas fazem uma arte sem pressões, já ele tem pressão de prova, como nós temos, e tudo que há em um concurso. Sai para relaxar durante a prova e com dor de cabeça pelo esforço, fui ao banheiro, tomei água e retornei, já ele ficou estático durante toda a prova e por quase 4 horas e finalizou com a fiscal e uma outra supervisora preenchendo o cartão resposta para ele com um sorriso final. Saiu, despediu-se com sorriso que marcou e deixou uma lição para nós, para tentar mais uma vez e mais e mais e ACIMA DE TUDO, agradecer a Deus pela oportunidade, pelas bençãos, por ter alimentação, um lar, computador, internet, sabedoria e pela SAÚDE que Deus nos dá. Ele não é inferior a ninguém, mas limitado em algumas condições e mesmo assim luta pelo seu sonho. Essa história real me fez refletir para seguir, com fé em Deus e mais agradecido e também de repassar esse grande momento a todos os guerreiros que lutam a cada dia ppelo seu sonho. LUTE e ore, peça a Deus forças para suportar e a cada queda(entenda como aprendizado), agradecimento para seguir. Deixo aqui um vídeo compartilhado por um colega nosso do grupo. Boa sorte a todos e que Deus abençoe. Sucesso !

    ATT: Fabricio Araujo

  3. Alexandra de Andrade CE comentou em :

    Não vejo a hora de poder comprar um curso do ALFA /
    FÉ, FOCO E FORÇA..

  4. Bea comentou em :

    Cadê o Plano de Estudos da Área do Assinante para PF, Evandro????

  5. pedro vicente comentou em :

    Graças a Deus português está entrando na minha mente! agora vou de 8112/90 que sem dúvida é o melhor conteúdo de Administrativo!

    • silviabelo comentou em :

      Pedro… fiz essa ultima semana Portugues com o Pablo nunca gostei tanto de Coordenadas e subordinadas como agora…. Força indo de redação oficial ….

  6. lumoraes1 comentou em :

    isso ai, vamos que vamos. Sexta feira correndo solta e a noite de estudos só começando. Boa noite blogueiros.