Vida de Monitor – Visão de Flávio Maia

Boa noite Alfartanos!

Muitos de vocês gostariam de estar estudando no presencial, e muitos gostariam também de receber a graça de se tornarem monitores. Para que vocês conheçam o que é ser monitor, o que influi nas nossas vidas e o que representa pra nós, vamos fazer uma pequena série de postagens com os monitores presenciais. Vamos estrear com o, já conhecido de vocês, Flávio Maia (Baiano).

Acredito que quem olha de fora, acha que ser monitor é carregar cadeira, apagar quadro, auxiliar professor. Mas a monitoria representa muito mais do que isso, sendo monitor aprendemos muitas coisas para a vida, fazemos amizades e companheiros de estudos muito fortes, enxergamos nossas falhas, aprendemos a conviver em grupo e, por fim, entendemos o tamanho da responsabilidade que estamos carregando, nós estamos mudando nossas vidas. O Alfa é nossa segunda família, nossa segunda casa.

Flávio: “Vida de monitor é uma vida de dedicação, disciplina e perseverança. Respira-se o universo de concursos 24 h por dia e 7 dias por semana. Aqui, renovamos a FÉ, fortalecemos o lado emocional-psicológico-motivacional, ao lado de grandes personalidades, as quais nos inspiram com seus exemplos de vida.

        Pode-se dizer que é um novo conceito de vida, onde trabalhamos as fraquezas, corrigimos as falhas, aprendemos com os erros, resgatamos valores. Seguimos em frente na busca dos objetivos e aos poucos palavras como desistência, não, dificuldade, impossível, jamais, nunca, improvável e etc., vão sendo desintegradas do nosso vocabulário.  

      O Alfa não é uma apenas uma estrutura de primeira qualidade que possui o melhor elenco de professores do Brasil. Nos bastidores percebemos o verdadeiro valor de pessoas que se uniram e hoje doam grande parcela de seu tempo, dedicação, força de trabalho e multiplicações de gestos solidários com o próximo.

        A falta da Bahia, dos familiares, amigos e de minha namorada está sendo muito dolorosa, exige-se mais força interior para superar. É aí que extraio mais força ainda, na esperança de um amanhã melhor ao lado deles. Estou no Alfa como monitor já há aproximados 2 meses, ciente que, para uma boa preparação, será necessário, no mínimo, que eu abrace a causa, permanecendo firme e forte no projeto, pelo menos por uns 2 anos. Sei que ainda falta um bom tempo de preparação para minha aprovação chegar, por outro lado, é gratificante viver essa nova experiência de vida, e posso dizer que está sendo rica em todos os sentidos.

O Flávio está conosco a pouco tempo, mas como já tinha o coração no Alfa, ele já teve a sensibilidade de perceber o que o Alfa é em nossas vidas. Logo traremos a segunda postagem da série Vida de Monitor.

Aline e Wandressa



23 comentários sobre:
Vida de Monitor – Visão de Flávio Maia

  1. Cordeiro Neto comentou em :

    Sou do interior de Pernambuco e estou me organizando, com mais 2 amigos, para largar tudo aqui e ir para Cascavel-PR fazer parte do Alfa. Atualmente trabalho na prefeitura de Caruaru-PE e tenho um negócio particular que ocupa minhas tardes. Apesar de render uma graninha bacana mas a falta da “ESTABILIDADE” assombra meu futuro. Estou disposto a abrir mão de tudo: emprego, empresa, namoro, família, além de ter q vender meu carro para custear e realizar o sonho de ser PRF/PF. Se tudo der certo logo estaremos juntos ai respirando concurso 24hs, 7 dias da semana. Sem nada para tirar o foco e nos distrair como acontece aqui.

  2. Monitora Online - Cris - Sertãozinho-SP comentou em :

    Continue firme guerreiro!” Tamos juntos”!

    Muita força!!! :)

  3. Pedro Anibal - Ssa comentou em :

    CALMA, NO FINAL TUDO VAI DA CERTO!!!! HAHAHAHAHAHA.