205 ideias sobre “FALTAM 2 DIAS!

  1. Galera uma dúvida!

    O início da carência do empregado doméstico é a 1° contribuição sem atraso! beleza!!!
    E se houve atraso? A contribuição não será contada como início da contagem do periodo de carência?
    É isso mesmo?

  2. Alô Galera, já estou arrumando minha bagagem, pois vou viajar a Teresina Pi às 1:00 da tarde e quero desejar a todos vocês meus queridos colegas que façam a boa prova, e que não for dessa vez vai ser na próxima e na próxima…eu vou dar o meu melhor, para mim passar vai ser uma exceção, mas vou com 1 % de chance e 99% de esperança,
    BOA SORTE A NÓS GUERREIROS!

    • muita booooa sorte para vc cibelle, que deus te ilumine na viagem e na hora da prova, vc é esforçada fica na madruga inteira, se não for dessa vez, vai ser em outro… que 2012 vc consiga seu cargo.

    • 17. (Hugo Goes – 2012) De 10/5/1980 a 12/12/1994, João foi empregado de uma construtora. Em FEV/2010, completou 65 anos e em MAR/2010, faleceu. João não era aposentado. Em JAN/2012, Maria, que mantinha união estável com João, requereu pensão por morte. O pedido deve ser:
      A) Indeferido, pois, na data do seu falecimento, João já havia perdido a qualidade de segurado.
      B) Indeferido, pois, para fins previdenciários, Maria não era dependente de João.
      C) Indeferido, por falta do cumprimento do período de carência.
      D) Indeferido, pois na data do seu falecimento, João não tinha a qualidade de segurado, não era aposentado e não tinha direito adquirido a nenhuma aposentadoria.
      E) Deferido, pois na data do óbito, João já havia adquirido direito à aposentadoria por idade.

      AI PESSOAL VAMU VER ESSA AI, DAQUI A POUCO COLOCO O GABARITO

    • Boa viagem Cibele,vá com fé em Deus e na sua dedicação…até passar!!!
      Deus está sempre com todos nós!

  3. 3. Ainda acerca das normas constitucionais referentes à seguridade social, assinale
    a opção correta.
    (A) As contribuições sociais do empregador incidentes sobre a folha de salários e
    demais rendimentos do trabalho pagos ou creditados à pessoa física que lhe preste
    serviço só poderão ser utilizadas para o pagamento de benefícios do regime geral
    de previdência social.
    (B) Em razão do princípio da equidade na forma de participação no custeio, as
    contribuições sociais das empresa, destinadas ao financiamento da seguridade
    social, não poderão ter alíquotas ou bases de cálculo diferenciadas.
    (C) É vedada a concessão de remissão ou anistia das contribuições sociais
    previdenciárias, para débitos de qualquer valor.
    (D) O principio constitucional da irredutibilidade do valor dos benefícios assegura o
    reajustamento dos benefícios previdenciários para preservar-lhes, em caráter
    permanente, o seu valor real.
    (E) A Constituição Federal não permite que a lei adote requisitos e critérios
    diferenciados para a concessão de qualquer aposentadoria aos beneficiários do
    regime geral de previdência social

    quem se habilita quero a ceerta?

    • Tipo… é por eliminação a letra D

      o principio da Irredutibilidade é o que garante o poder aquisitivo do valor dos benefícios…
      a letra A acho que me enganou… ja li algo parecido, mas dado como revogado… enfim…

      iria na D.

    • eu acho bom que vcs erraram, pq é melhor errar aque do que errar na prova e essa questão vcs não erram mais.
      letra A – está certissíma.

      vamos para a letra D.
      ai que está a pegadinha…
      pcp da irredutibilidade do valor dos benefícios,( e pcp da seguridade social, abrange tanto a assistencia, como a previdencia, a saúde não pega pq é seerviço)

      não é a mesma coisa que ” é assegurado o reajuste dos benefícios para preservar-lhe em carater permante o valor real.
      esse é um pcp da previdencia.
      se fosse a mesma coisa os pq a lei iria botar vezes, a CF não ia repetir atoa.

    • (D) O principio constitucional da irredutibilidade do valor dos benefícios assegura o
      reajustamento dos benefícios previdenciários para preservar-lhes, em caráter
      permanente, o seu valor real.

      a letra D misturo os 2 princípios, eles são distintos, se fosse igual a lei não ia repetir.
      o princípio da irredutibilidade do valor dos benefícios por si só não assegura o reajuste dos benefícios.
      bons estudos!!!

  4. Que material maravilhoso! só vocês mesmo “Equipe Alfa “. Vou “devorar” esse material agora. kkkk!
    Esse material já dá surra nessas apostilas horríveis que se vendem por ai!
    Somos privilegiados!
    Força guerreiros!
    Rumo a aprovação

  5. È as madrugas do inss acabaram tem que dormir cedo, oque teve para estudar foi estudado, consciencia está muito boa pq superei limites, para quem começo o vida de concurseiro ano passado. amanha é só para revisar e descontrair.
    tem gente que fala que é querer demais é sonhar querer passar no 1 concurso que presta, em 1 lugar.
    nem as pessoas que mais admiro conseguiram isso ” evandro”.
    vamos lá para a prova, fé força e rumo á aprovação.
    minha parte eu fiz.

    • 29. (AFRFB 2009) A respeito dos segurados facultativos da Previdência Social, é correto
      afirmar que:
      a) a pessoa pode ser segurado facultativo independente da sua idade.
      b) o síndico de condomínio remunerado pela isenção da taxa de condomínio pode ser segurado
      facultativo.
      c) aquele que deixou de ser segurado obrigatório da previdência social não pode ser segurado
      facultativo.
      d) não pode ser segurado facultativo aquele que estiver exercendo atividade remunerada que o
      enquadre como segurado obrigatório da previdência social.
      e) o estudante maior de quatorze anos.

      o gabarito é letra d!!

      nao entendi achei que era letra b!!!

    • a filiação na qualidade de segurado facultativo e um ato volitivo daquele que exerça atividade que não o enquadre como obrigatório.

      b) o síndico de condomínio remunerado pela isenção da taxa de condomínio pode ser segurado
      facultativo.
      ele deixar de de pagar o condominio incide tb, ” na forma de utilidades”.

    • o sindico se ele ficar inseto da taxa de condominio concerteza será segurado obrigatorio na qualidade de ci.

    • o sindico nessa situação é contribuinte individual (8212/91 art. 12 V f), pois a isenção constitui remuneração, e neste caso esta errado por não poder ser segurado facultativo, mas somente CI. vlu

  6. socorro… minha impressora deu um thiuthi e eu não consigo imprimir o materal de apoio pra amanhã…shif, snif…

Os comentários estão fechados.