Errata: Apostilas Exercícios para os últimos 10 dias

Meus caros concursandos e alunos de todo o Brasil, mais uma vez estamos aqui comprometidos com você, colocando o coração em todo trabalho que fazemos e estaremos aqui – incansáveis – até o dia do seu concurso! Diante disso, estamos soltando a errata da apostila dos 10 últimos dias e amanhã teremos uma super surpresa para todos vocês que será FENOMENAL para a preparação de vocês e mais, SEM CUSTO ALGUM!!!

É a Equipe Alfa mudando vidas!!!

Língua Portuguesa

Devido a um erro de diagramação segue abaixo correção dos seguintes exercícios de língua portuguesa (16 a 24 e 47).

A história das chamadas relações entre sociedade e natureza é, em todos os lugares habitados, a da substituição de um meio natural, dado a uma determinada sociedade, por um meio cada vez mais artificializado, isto é, sucessivamente instrumentalizado por essa mesma sociedade. Em cada fração da superfície da terra, o caminho que vai de uma situação a outra se dá de maneira particular; e a parte do “natural” e do “artificial” também varia, assim como mudam as modalidades do seu arranjo. Podemos admitir que a história do meio geográfico pode ser grosseiramente dividida em três etapas: o meio natural, o meio técnico, o meio técnico-científico- informacional. Alguns autores preferirão falar de meio pré-técnico em lugar de meio natural. Mas a própria ideia de meio geográfico é inseparável da noção de técnica. Para S. Moscivici (1968), as condições do trabalho estão em relação direta com um modo particular de constituição da natureza, e a inexistência de artefatos mais complexos ou de máquinas não significa que uma dada sociedade não disponha de técnicas. Estamos, porém, reservando a apelação de meio técnico à fase posterior à invenção e ao uso das máquinas, já que estas, unidas ao solo, dão uma toda nova dimensão à respectiva geografia. Quanto ao meio técnico-científico-informacional é o meio geográfico do período atual, onde os objetos mais proeminentes são elaborados a partir dos mandamentos da ciência e se servem de uma técnica informacional da qual lhes vem o alto coeficiente de intencionalidade com que servem às diversas modalidades e às diversas etapas da produção.

(Milton Santos. A natureza do espaço: espaço e tempo; razão e emoção. 3 ed. São Paulo: Hucitec, 1999. p. 186 e 187)

16. No texto, o autor

I.          evidencia seu desacordo com os estudos da história das chamadas relações entre sociedade e natureza, por considerar esses dois polos naturalmente inconciliáveis.

II.          Defende que o progresso de uma sociedade se mede pela interferência cada vez mais intensa de instrumentos no meio em que se vive.

III.          adverte para o caráter altamente singular tanto do modo como cada agrupamento humano está numa também singular natureza, como do modo como age sobre ela.

IV.          reluta em acatar a clássica divisão da história do meio geográfico em três estágios, porque, sendo essa tripartição pouco refinada, impede teorização aceitável.

V.          aponta as diversas modalidades de agrupamentos  sociais como dificuldade relevante para a configuração de um meio menos natural, isto é, tecnicamente mais adequado.

Está correto o que se afirma em

  1. I e II;
  2. V apenas;
  3. III apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

17. Leia as sentenças abaixo:

I.          O futuro do presente simples preferirão (linha 15) foi empregado para exprimir, com valor de presente,

II.          Se o autor estivesse tratando de “meios”, a forma da expressão teria de ser “meios pré-técnico”.

III.           A conjunção Mas (linha 16), em vez de, como usualmente, introduzir oração que denota restrição ao que foi dito anteriormente, indica apenas que se vai passar para outro assunto diferente, como em “Corrupção é o tema do dia, mas vou falar de amizade”.

IV.          Compreende-se que o autor, em sua abordagem, não estabelece distinção entre “técnicas” e “artefatos”, sejam estes mais complexos ou menos complexos.

V.          O segmento a própria ideia de meio geográfico é inseparável da noção de técnica (linhas 16 e 17) equivale a “o apropriado conceito de meio geográfico  prescinde da noção de técnica”.

De acordo com as ideias presentes no texto, está correto o que se afirma em

  1. I apenas;
  2. V apenas;
  3. III apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

18. Estamos, porém, reservando a apelação de meio técnico à fase posterior à invenção e ao uso das máquinas, já que estas, unidas ao solo, dão uma toda nova dimensão à respectiva geografia.  Leia as sentenças abaixo:

I.          O emprego de Estamos evidencia inquestionavelmente que o autor fala em nome do grupo de pesquisadores que adota a expressão meio técnico para designar a fase posterior à invenção e ao uso das máquinas.

II.          Substituindo reservando a apelação por “nomeando”, o segmento manteria a correção e o sentido originais com a formulação “nomeando de meio técnico à fase posterior à invenção e ao uso das máquinas”.

III.          O pronome estas retoma a invenção e as máquinas.

IV.          A expressão unidas ao solo exprime a circunstância que determina a existência da nova dimensão citada.

V.          O termo respectiva sinaliza que se trata da geografia já citada no texto.

Considerada a frase acima, em seu contexto, afirma-se com correção o que está escrito em:

  1. I apenas;
  2. IV apenas;
  3. III apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

19. Quanto ao meio técnico-científico-informacional é o meio geográfico do período atual, onde os objetos mais proeminentes são elaborados a partir dos mandamentos da ciência e se servem de uma técnica informacional da qual lhes vem o alto coeficiente de intencionalidade com que servem às diversas modalidades e às diversas etapas da produção. 

No trecho acima transcrito,

I.          A colocação de dois-pontos depois de “meio técnico-científico- informacional” preservaria o sentido e a  correção originais.

II.          A palavra onde está empregada em conformidade com o padrão culto escrito, assim como o está em “O atendimento foi inadequado, é onde o governador cobrou providências urgentes”.

III.          A expressão os objetos mais proeminentes equivale, no contexto, a “artefatos até os mais simples”.

IV.          O segmento da qual lhes vem o alto coeficiente de intencionalidade pode ser substituído por “a qual devem o alto coeficiente de intencionalidade”, sem prejuízo do sentido e da correção originais.

V.          O segmento da qual lhes vem o alto coeficiente de intencionalidade pode ser substituído por “à que devem o alto coeficiente de intencionalidade”, sem prejuízo do sentido e da correção originais.

Está correto o que se afirma em:

  1. I apenas;
  2. V apenas;
  3. III apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

Atenção: Para responder às questões de números 20 e 21,considere o texto que segue. “No meu tempo, já existiam velhos, mas poucos”. A frase de Machado de Assis nos leva a supor que havia mais velhosquando ele próprio se tornou um velho. E hoje, muito mais ainda, embora os manuais de redação recomendem que não se fale mais em “velhos”, mas em “idosos”.(Carlos Heitor Cony, “Prazo de validade”. Folha de S. Paulo, A2opinião, 27/10/2011)

20. No fragmento acima, as formas verbais havia e se tornou foram empregadas para

I.          Indicar, respectivamente, uma ação provável e uma. ação efetivamente realizada no passado.

II.          Indicar, entre ações simultâneas passadas, uma que estava se processando quando sobreveio a outra.

III.          Denotar que ambas as ações tiveram a mesma duração momentânea.

IV.          Substituir, ambas, o futuro do pretérito.

V.          Denotar fatos que foram um (o segundo) a consequência do outro (o primeiro).

Está correto o que se afirma em:

  1. I apenas;
  2. II apenas;
  3. III apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

21. Leia as sentenças abaixo:

I.          Do ponto de vista gramatical, é apropriada a substituição de existiam por “deviam haver”.

II.          Considerado o que aconselha o padrão culto escrito, é adequada a substituição de recomendem que não se fale por “recomendem que não fale-se”.

III.          Do ponto de vista do sentido, são equivalentes os segmentos quando ele próprio e “quando mesmo ele”.

IV.          As aspas em “velhos” e “idosos”, na última linha, são Exigidas por remeterem às palavras empregadas por Machado de Assis.

V.          O uso de embora sinaliza que os manuais de redação, ainda que se oponham ao emprego de “velhos”, não impedem Cony de usar a palavra para designar “idosos”.

Está correto o que se afirma em:

  1. I apenas;
  2. I e II apenas;
  3. V apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

22. A líder dos representantes comerciais esqueceu os seus estojos de amostras, o que certamente, explica o constrangimento que todos sentimos. Consideradas a clareza e a correção, assinale o legítimo comentário sobre a frase acima.

I.          Está redigida de modo claro e correto.

II.          Necessita de uma única correção: a colocação de uma vírgula antes de certamente.

III.          Necessita I da correção da ambiguidade — o segmento os seus estojos de amostras pode ser substituído por “os estojos de amostras do grupo”, se esse for o sentido desejado; e II da correção da pontuação — pode ser colocada uma vírgula antes de certamente.

IV.          Necessita de duas correções: I para a eliminação da ambiguidade, o segmento os seus estojos de amostras deve ser substituído por “o seu próprio estojo de amostras”, único sentido aceitável para a frase; II a vírgula depois de certamente deve ser retirada.

V.          Necessita de duas correções: I da substituição do segmento que todos sentimos, inaceitável pelo padrão culto escrito, por “que todos sentiram”, e II da colocação de uma vírgula antes de certamente.

Está correto o que se afirma em:

  1. I apenas;
  2. V apenas;
  3. III apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

23. Considere a articulação das ideias nos segmentos abaixo:

I.          Havia uma lei que trata dos direitos da mulher, sendo sua condição social qualquer e se juntou nisso o princípio: toda violência tem de ser denunciada.

II.          À lei que trata dos direitos da mulher, de qualquer condição social, incorporou-se o princípio de que toda violência tem de ser denunciada.

III.          Denunciar toda violência é o princípio incorporado na lei referente os direitos da mulher, considerando em qualquer condição social em que estiver incluída.

IV.          Juntando a lei que trata dos direitos da mulher, sob toda condição social que demonstrar, e obrigatoriamente denunciar toda violência, houve uma incorporação de princípios.

V.          Há um princípio toda violência tem de ser denunciada que se incorporou em lei dizendo respeito à garantir os direitos das mulheres, respeitando-a quanto à condição social, desde a melhor até a mais reduzida.

Está correto o que se afirma em:

  1. I apenas;
  2. II apenas;
  3. III apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

24. Leia as sentenças abaixo:

I.          A mãe sempre intervia nas discussões, mas os malentendidos entre o pai e o filho eram tão frequentes e tão excessivos, que um e outro já não dominavam a sua própria agressividade.

II.          Com aquele jeito bonachão, a cada passo da viagem recaptulava a esplêndida experiência que tivera anteriormente, a ponto dos colegas pedirem que dispensasse as descrições.

III.          Nesse processo de conscientização, são importantes o reconhecimento e respeito às diferenças, e como ele não as exercita só obstrói o crescimento do grupo.

IV.          Se muitas perdas advissem daquela decisão, ele as lamentaria, mas sem imputá-las jamais aos que denominava “guardiães da boa conduta alheia”.

V.          Ao término do prazo de exceção, em que os processos não tiveram andamento, requereu nova acareação, com vistas a questionar o réu sobre as incongruências da anterior.

Do ponto de vista da correção gramatical, está correto o que se lê em:

  1. I apenas;
  2. V apenas;
  3. III apenas;
  4. I, III e V;
  5. IV e V.

47. Atente para as seguintes afirmações:

I.          A maior vantagem, nos domínios da informática, consiste no aprimoramento do desempenho e do raciocínio técnico do usuário.

II.          Assim como ocorre com todos os tipos de ferramenta, o uso da informática é em si mesmo neutro, independente da finalidade.

III.          A divisão dos educadores quanto aos recursos da Internet espelha diferentes posições diante do material já “acabado” e facilmente acessível. Em relação ao texto, está correto o que se afirma em:

(A) III, apenas.

(B) I e III, apenas.

(C) I, II e III.

(D) I e II, apenas.

(E) II e III, apenas

Errata

Direito Administrativo

Questão nº 11 item V:

Onde se lê:

V- Motivaão é  a situação de fato ou de direito que justifica a edição do ato administrativo

Leia-se:

V- Motivação é  a situação de fato ou de direito que justifica a edição do ato administrativo

Questão nº 35:

Onde se lê:

Estão corretas somente:

A) I, II e III

B) II e III

C) III e IV

D) IV e V

E) III

Leia-se:

Estão Incorretas somente:

A) I, II e III

B) II e III

C) III e IV

D) IV e V

E) III

Questão nº 36:

Onde se lê:

Estão corretas somente:

a) I

b) II

c) III

d) IV

e) V

Leia-se:

Estão corretas somente:

a) I e II

b) I, II e III

c) III e IV

d) I, II e IV

e) somente V

Questão nº 42 item V:

Onde se lê:

V- Os públicos não possuem patrimônio próprio.

Leia-se:

V- Os órgãos públicos não possuem patrimônio próprio.

Questão nº 48:

Onde se lê:

48)  Segundo a Organização da Administração podemos afirmar que a administração indireta compreende:

Leia-se:

48)  Segundo a Organização da Administração podemos afirmar que a administração pública compreende:

 Errata

Informática

Questão 2 item II:

Onde se lê:

…através da internet é utiliza-se o protocolo HTTPS.

Leia-se:

…através da Internet utiliza-se o protocolo HTTPS.

Questão 5 item III:

Onde se lê:

…é utilizado os protocolos HTTP ou HTTPS quando se deseja

Leia-se:

…é utilizado o protocolo HTTP, ou o protocolo HTTPS quando se deseja …

 Questão 19 Alternativas:

Onde se lê:

A) I, II, III e IV

Leia-se:

A) I, II e IV

Questão 24 item III:

Onde se lê:

…utilizar as teclas de atalha CTRL+U.

Leia-se:

… utilizar as teclas de atalho CTRL+U.

Gabarito correto somente itens I, III e V conforme alternativa C.

Questão 28  Alternativas:

Onde se lê:

B) I, II, III e IV

Leia-se

B) I, III e IV

Questão 29 item I:

Onde se lê:

… para alternar entre a formação de maiúsculas….

Leia-se:

… para alternar entre a formatação de maiúsculas…

Questão 30:

Gabarito correto C.

Questão 44 Alternativas:

Onde se lê:

E) II e V.

Leia-se

E) I, II e V.

Questão 45 Alternativas:

Onde se lê:

B) II, III, IV e V

Leia-se

B) II, III e V.

Questão 46 item IV:

Onde se lê:

Em uma planilha é possível modificar a alinhamento …

Leia-se:

Em uma planilha é possível modificar o alinhamento …

Questão 47 item II:

Onde se lê:

Quebrar texto automaticamente na aba Alinhamento da Janela configurar página

Leia-se:

Quebrar texto automaticamente na aba Alinhamento da Janela Formatar Célula.

Questão 48 item III:

Onde se lê:

As linhas de grande de uma planilha…

Leia-se:

As linhas de grade de uma planilha…

 Errata

Direito Previdenciário – Prof.ª Lilian Novakoski

Questão 01 Alternativas:

Onde se lê:

e) Está correta apenas a assertiva I, III e V

Leia-se:

e) Está correta apenas a assertiva I, III, IV e V

Questão 02 Alternativas:

Onde se lê:

d) Está correta apenas as assertivas III, IV e V

Leia-se:

d) Está incorreta apenas as assertivas III, IV e V

Questão 03 Alternativas:

Onde se lê:

a) Está incorreta apenas as assertivas IV e V

Leia-se:

a) Está incorreta apenas as assertivas IV

Questão 08 Alternativas:

Onde se lê:

b) Está correta apenas as assertivas I, II e III

Leia-se:

b) Está incorreta apenas as assertivas I, II e III

Questão 15 Gabarito:

Gabarito correto letra C

Questão 17 Gabarito:

Alteração do gabarito de letra D para letra B

Questão 27 Gabarito:

Alteração do gabarito de letra A para letra E

Questão 33 Alternativas:

Onde se lê:

d) Está correta apenas as assertivas II, III e IV

Leia-se:

d) Está correta apenas as assertivas II, III e V

Questão 44 Alternativas:

Onde se lê:

d) Está correta apenas as assertivas I, IV e V

Leia-se:

d) Está correta apenas as assertivas I e IV

Questão 47 Alternativas:

Onde se lê:

d) Está correta apenas as assertivas I, II e II

Leia-se:

d) Está correta apenas as assertivas I, II e III

Questão 50 Gabarito:

Onde se lê:

50. A (artigo 201, 202 e 204 do Decreto 3048/99)

Leia-se:

50. A (artigo 201, 212 e 205 do Decreto 3048/99).

 Errata

Direito Constitucional

Questão 10 comando da questão:

Onde se lê:

10. É reconhecida a instituição do júri, com a organização que lhe der a lei, não sendo assegurados:

Leia-se:

10. É reconhecida a instituição do júri, com a organização que lhe der a lei, sendo assegurados:

Questão 33 Alternativas:

Onde se lê:

d) I, II e III.

Leia-se:

d) I, III e IV.

Questão 36 comando da questão:

Onde se lê:

36. A soberania popular não será exercida pelo:

Leia-se:

36. A soberania popular será exercida pelo:

Questão 49 Gabarito:

Onde se lê:

d)

Leia-se:

e)

OBS: Pessoal pedimos que as dúvidas sobre a errata ou sobre o material sejam postadas no Fórum.

Fé, força e rumo a aprovação!

Att. Cristian

Equipe Alfa Concursos

 



110 comentários sobre:
Errata: Apostilas Exercícios para os últimos 10 dias

  1. Leandro comentou em :

    Galera na boa, má vontade não foi, mas ta difícil estudar por esta apostila, e ainda faltando poucos dias ….. muitos erros valew pela boa vontade, mas é hora de focar e não de se chatear…

    • Thiago BH comentou em :

      o tempo que gasta reclamando amigo, deveria estar estudando. Abrs

  2. Leandro comentou em :

    Galera a apostila ajudou sim, poderia ser menos complicado mas na vida tudo é complicado… rsrsr galera abraços e boa prova porque a partir de hoje internet não existirá a prova esta aí rsrsrsrs

  3. Thiago BH comentou em :

    Quem ta reclamando é quem não estudou. Estão contando com o material achando que ele faz milagre de aprovar a pessoa que não fez nada a meses em 10 dias. Errar é humano, e só quem está a mais tempo aqui sabe bem o quanto a equipe Alfa trabalha para o nosso sucesso. Tratem de estudar ao invés de ficarem reclamando, e mesmo que esteja errado algumas coisas na apostila a equipe do Alfa é tão boa que no final colocaram onde você encontra o texto de lei para tirar as duvidas no gabarito.

    Fé, força e rumo a aprovação.

    • Cibele de Parnaíba-Pi comentou em :

      Concordo plenamente com você Thiago

    • Leandro comentou em :

      Pelo contrário quem não estudou nem viu os erros passou batido errou e pronto aos que se dedicaram, conseguem enxergar claramente os equivocos …. valew abraço

    • Thiago BH comentou em :

      Exatamente, mas pra qualquer duvida tem o texto de lei no final junto com o gabarito, e as erratas espalhadas pelo forum. Agora querer culpar o Alfa por erros da apostila, sendo que até video o grupo está fazendo de graça para correção das possiveis duvidas do material, aulao, super revisoes de graça e demais meu amigo. Pra mim isso é culpar os outros pelos proprios erros de nao ter estudado. Paciencia de quem nao estudou nada.

  4. wagner Reis comentou em :

    Pessoal,sou novo por aqui,por isso quero direcionar minhas palavras para o Evandro…
    Comprei a apostila dos 10 dias,estou estudando a pouco tempo para o INSS,mas com muita vontade de vencer…Confesso que fiquei um pouco confuso com essa situação das questões erradas,porque aguns que falam algo a respeito do assunto estão achando erros até nas erratas,aí pra quem quer como eu,tirar dúvidas,fica mais difícil…
    Queria pedir o seguinte : ” ainda temos uma semana e amanhã é domingo,então evandro,vocês poderiam se pronunciar uma só vez e dessa vez corrigindo tudo o que estiver errado,aí teremos um tempo mais ou menos legal pra estudar pela apostila sem estar mais preocupados com erros “…
    E, olha,apesar de novo por aqui,percebo que vocês tem mesmo a qualidade de que alguns falam e creio que não é um erro desses que ofusca toda uma história legal de ajuda como a de vocês,lembrando também o seguinte:” estamos vivendo dias difíceis,todo mundo muito atarefado com o corre-corre,explodindo por tudo,aí devemos entender a reclamação de todos ”
    Abraços e muito obrigado…

  5. Gabriéli comentou em :

    Não vai sair uma errata com as questões do Marcon??????

    • Luiz - Equipe Alfa Concursos comentou em :

      Gabriéli, acompanhe as postagens.

  6. Frank comentou em :

    Essa apostila dos últimos dez dias vai ficar na história. As intenções foram as melhores possíveis. Os erros compreensíveis, porque errar é humano.
    Tanto por parte da diagramação como por parte dos professores ao elaborar as questões, foi tudo feito em tempo recorde.
    E como todos nós sabemos que a prática é inimiga da perfeição, deu no que deu.
    Eu cheguei até a defender as reclamações porque eu tenho um senso crítico e um senso de justiça muito enraizado na minha cabeça.
    Por causa disso, eu acho até exagerado quando alguns colegas dizem que é até bom estar tudo errado, pois assim aprende mais. Pesquisa mais e aprende mais….Os que defendem a apostila mesmo com erros de diagramação e elaboração, fazem isso mais motivados pela emoção, não pela razão. Emoção de ser alfartano. Emoção de ser da família Alfa. Mas se um filho fizer algo errado devemos passar a mão na cabeça ou dar uma bronca?
    O que acho legal nisso tudo é que a Equipe Alfa está fazendo de tudo para contornar e solucionar essa situação. Por isso que admiro e acredito muito nessa equipe.
    Acredito tanto que posso até citar os cursos que eu já comprei do Alfa: kit completo de técnico do INSS , módulos isolados do TRE, apostilas, etc.
    Já gastei quase R$1000,00 no Alfa Online, mas isso é investimento não gasto!
    O bom do Alfa é que eles não discriminam ninguém em função do investimento nos seus cursos ou apostilas.
    Todos são bem tratados, inclusive os que não investiram um único centavo.
    Creio que muita coisa de bom vai ser extraída nessa história da apostila dos últimos dez dias.

    Força e muita fé na Aprovação!!!