COMO ARREBENTAR COM SEU MATERIAL DE ESTUDO DE UMA FORMA POSITIVA!

Estudar para concurso público não é tarefa fácil. Todos nós sabemos que para ter sucesso é preciso muita motivação e disciplina. Após a definição do que se quer, isto é, estudar para vários concursos ou escolher um certame específico, o concursando dá início à procura por um curso preparatório que possa ajudá-lo nessa empreitada. Contudo, há ainda aqueles, que por preferência e/ou condições diversas, estudam sozinhos. Vale lembrar, que um bom curso preparatório além de dar o caminho certo para a preparação também dá a motivação que você precisa para não desanimar!
Diante disso uma das melhores opções ainda é estudar com as apostilas feitas para esse fim. Escolha apostilas de editoras conceituadas e especializadas no ramo, mesmo parecendo que estou puxando “sardinha” ainda não existe apostilas melhores que as do AlfaCon (www.apostilaalfa.com.br) e isso se deve um motivo simples: Nós mesmos, os professores, somos quem escrevemos e atualizamos as apostilas. Dessa maneira, as apostilas são mais objetivas, com conteúdo mais direto, o que não permite ao estudante perder tempo na dedicação de assuntos “menos importantes” para o certame. Isso porque elas são elaboradas por professores da área que sabem e enfatizam o que tem sido cobrado com frequência nas provas. Isso não significa, entretanto que se deve estudar somente pelas apostilas. Nelas, não há depositado todo conhecimento humano, muitas vezes lá está o direcionamento para um aprofundamento melhor por outras fontes, por isso um curso de boa qualidade é fundamental. Sendo assim, o uso de livros também é essencial na conquista do seu objetivo. Um ponto fundamental são os materiais de apoio fornecidos pelo cursinho, no nosso caso os PDF que acompanham as aulas. Ali, você encontra as atualizações e os exerecícios novos que precisa para se manter sempre atualizado.
Conquanto, deve-se adotar uma metodologia para que os meios didáticos sejam bem utilizados e explorados. De acordo com sua escala de estudos, os materiais deverão ser separados e a apostila aberta na matéria da vez. Leia, destaque os pontos principais, anote-os no caderno, faça esquemas e resumos. Escrever o que estudou sempre ajuda a fizar o conteúdo. Ter um dicionário ao lado para consultar palavras não entendidas faz-se necessário para compreender o texto perfeitamente.
Após o estudo da teoria, é hora de fazer exercícios referentes aos temas estudados. Se houver dúvidas, aproveite para tirá-las com o professor em sala de aula ou em outros materiais confiáveis. Por esse motivo, a resolução de exercícios em sala de aula é de suma importância!
Estude por livros também, escolha os voltados para concursos. Cuidado com os livros que não são específicos para essa finalidade, uma vez que você pode aprofundar demasiadamente em um tema e depois não ter tempo para estudar outros conteúdos exigidos pelo edital. Por isso, trabalhar com a bibliografia indicada pelo professor de cada disciplina é uma ótima pedida. As referências bibliográficas sugeridas irão orientar quanto ao material que vale a pena se dedicar.
Procure apostilas e livros com questões de provas anteriores, de preferência comentadas, e treine bastante. Assim, não terá surpresas desagradáveis na hora da prova. É importante estudar a teoria, mas também é imprescindível saber como ela é cobrada pelas bancas examinadoras. Com a ajuda de provas, dicionários, gramáticas, Constituição, Códigos e acesso a leis, os materiais são perfeitos coadjuvantes do aluno na conquista de uma vaga no serviço público.
É relevante não perder tempo à espera da publicação de edital do concurso desejado para começar a estudar. Passe, desde já, a selecionar seus materiais e a investir em novos, principalmente os das matérias básicas, aquelas que estão presentes na maioria dos concursos. Assim, quando for fazer um concurso estará mais bem preparado e sairá na frente de milhares de concorrentes.
Dicas para o bom uso do material:
• Ao ler cada matéria, destaque com marca texto os assuntos mais importantes.
• Anote palavras-chave a fim de recordar cada contexto.
• Expresse com suas palavras os conceitos mais difíceis.
• Grife os itens que levantam dúvidas e procure aprofundar o assunto, com a leitura de livros ou material complementar e até mesmo com o professor.
• Consulte sempre um dicionário quando não entender o significado de alguma palavra.
• Se não tiver escala de estudos, concentre-se em uma matéria por vez. Depois termine e passe para a próxima, assim poderá se organizar melhor com os outros materiais de apoio e evitará dispersar a atenção.
• Depois que tiver aula sobre determinado assunto, leia o material sobre aquilo que estudou. Junto com suas anotações, faça resumos e esquemas para fixar o conteúdo e boa sorte!
OBS: A sorte de quem estuda para concursos é quando a preparação encontra a oportunidade!
Conclusão: Estudar para concursos hoje virou uma tarefa profissionalizada e como tal você precisa se ajustar! Para isso, você deve seguir a escadinha do sucesso, ou seja, fazer uma boa turma regular (um bom cursinho), resolver muitas exercícios e por fim muitos simulados! Ao escolher um curso preparatório ou uma apostila, procure opinião de quem já estudou no curso ou pelas apostilas. Hoje em dia, o que mais vemos são pessoas utilizando da boa fé de meninos e meninas despreparados e que não conhecem o universo dos concursos públicos. Estudar em um curso ruim é a mesma coisa que não esta estudando!
Certo dia um aluno me disse: Nossa, mas o curso aqui esta muito cara para polícia federal, vou no outro que esta três vezes menos! Eu respondi: Pode ir filho, mas com a certeza que não há possibilidade de fazer um curso de boa qualidade pagando aos profissionais salários de fome! Resultado: No mesmo concurso (Polícia Federal) tivemos 57 aprovados e classificados nas vagas, isso de um universo de 500 vagas nacionais (+ de 10% do número geral de vagas saiu de um único cursinho) e o curso três vezes mais barato, ficou 2 anos mais caro, pois ele vai ter que estudar e esperar por mais dois anos até o próximo concurso e mais: O curso três vezes mais barato não aprovou ninguém .. Há, minto, aprovou sim, um, só que esse não estudou lá, ele era nosso aluno, saiu daqui e usaram o nome dele como divulgação!
 Frase do dia: Ninguém, absolutamente ninguém consegue enganar você por muito tempo!
Fé, força e rumo à aprovação!


Um comentário sobre:
COMO ARREBENTAR COM SEU MATERIAL DE ESTUDO DE UMA FORMA POSITIVA!

  1. Jeovanna Nóbrega comentou em :

    Valeu a dica Evandro, muito legal o site!!!! estarei sempre por aqui.

    Mossoró/RN