Questões comentadas – Direito Penal

direito-penal-i1Bom dia, meus caros. Que tal começarmos o dia com umas questões de Direito Penal? Hoje vamos resolver questões da Parte Geral. Não esqueçam de comentar como foram e lembrem-se que não vale ler as questões comentadas antes de tentar resolver.

“Pessoas especiais enxergam em problemas grandes oportunidades para mudarem de vida”

1.(CESPE – 2015) Aquele que for fisicamente coagido, de forma irresistível, a praticar uma infração penal cometerá fato típico e ilícito, porém não culpável.

2.(CESPE – 2014) Na hipótese de crime continuado ou permanente, deve ser aplicada a lei penal mais grave se esta tiver entrado em vigor antes da cessação da continuidade ou da permanência.

3.(CESPE – 2014) Sob a vigência da lei X, Lauro cometeu um delito. Em seguida, passou a viger a lei Y, que, além de ser mais gravosa, revogou a lei X. Depois de tais fatos, Lauro foi levado a julgamento pelo cometimento do citado delito. Nessa situação, o magistrado terá de se fundamentar no instituto da retroatividade em benefício do réu para aplicar a lei X, por ser esta menos rigorosa que a lei Y.

4.(CESPE – 2013) Segundo a norma penal vigente, aplica-se a lei brasileira ao crime cometido em embarcações brasileiras, sendo elas de natureza pública ou privada, salvo se essas embarcações não se encontrarem em águas internacionais.

5.(CESPE – 2015) Configura-se tentativa incruenta no caso de o agente não conseguir atingir a pessoa ou a coisa contra a qual deveria recair sua conduta.

6.(CESPE – 2014) Crime impossível e delito putativo são considerados pela doutrina como expressões sinônimas.

7.(CESPE – 2014) Age com dolo eventual o agente que prevê possíveis resultados ilícitos decorrentes da sua conduta, mas acredita que, com suas habilidades, será capaz de evitá-los.

8.(CESPE – 2013). Se uma pessoa, de forma voluntária, embriagar-se completamente com o objetivo de matar seu desafeto e, no instante do ato, estiver incapaz de entender o caráter ilícito do fato, estará, por essa razão, isenta de pena.

9.(CESPE – 2013) Em relação ao concurso de pessoas, o CP adota a teoria monista, segundo a qual todos os que contribuem para a prática de uma mesma infração penal cometem um único crime, distinguindo-se, entretanto, os autores do delito dos partícipes.

10.(CESPE – 2015) O concurso formal próprio distingue-se do concurso formal impróprio pelo elemento subjetivo do agente, ou seja, pela existência ou não de desígnios autônomos.  Continuar lendo

GABARITO PRELIMINAR PM-PE E POSSÍVEIS RECURSOS!

pm_pe_edital_streamingOlá, Alfartano!!!

Fique ligado que o gabarito preliminar da banca já está disponível pelo site. E nossos professores já estão analisando possíveis recursos para essa prova, mas lembre-se que antes de copiar e colar os recursos que o professor disponibilizou você precisa reescrever com suas próprias palavras, pois as bancas não costumam aceitar recursos idênticos.

Obs: prova usada como base é a AZUL.

Segue recurso da disciplina de Matemática

25. Num batalhão da região metropolitana, 28% dos soldados são mulheres, e destas, 1,5% são residentes da cidade do Recife. Desse mesmo batalhão, 5% são homens que residem nessa mesma cidade. Qual é a probabilidade de um soldado desse batalhão, escolhido ao acaso, ser residente da cidade do Recife?

Temos que:

RESULTADOA questão cabe recurso, pois o correto seria dizer: “5% dos homens residem nessa mesma cidade”, pois da forma que foi escrita está dizendo que “5% do batalhão são homens que residem nessa mesma cidade”. E , dessa forma, não teria item para marcar como correto.

 

 

 

Fique ligado que até o fim do dia poderemos postar mais novidades.

Hoje foi dia de prova da PM PE.

images

Olá, Amadinhos!

Para quem fez hoje a prova da PM-PE, já temos a prova e gabarito preliminar disponíveis.

Nossa equipe já está trabalhando para auxilia-los nos possíveis recursos e no comentário da prova.

A seleção visa preencher 1.500 vagas para o cargo de Soldado para ambos os sexos.
A banca responsável pela realização do certame foi a UPENET. Continuar lendo

Aulão de Exercícios das Exatas: nosso encontro está marcado para às 14h

aulao_exercicios_exatas_faceComo diz o professor Daniel Lustosa “aceita que dói menos” e vem para o nosso aulão das exatas para aprender de uma vez por todas – e sem frescura – essas tais matérias que tanto assustam no início. Deixe a Matemática e o Raciocínio Lógico Matemático te fazerem companhia neste sabadão. Os professores Lustosa e Kiolo prepararam uma tarde de muito exercício das duas disciplinas. Esperamos por você! Faça a sua inscrição agora mesmo!

Como vai funcionar?
28/05 – Sábado

Professores:
Daniel Lustosa
Felipe Kiolo

Horário:
A partir das 14h

É gratuito?
Sim, este evento não terá custos ao participante e todos podem participar.

Como faço para participar?
Basta inscrever-se no curso gratuito.

inscreva-se_no_curso

Clique no botão abaixo e acesse o material do evento!

download

 

E você achando que não ia mais ter concurso! Olha aí a notícia!

13321741_1167631949954619_1384591223903752547_nO Diário Oficial da União divulgou hoje (27) uma notícia que animou quem estuda para concursos de âmbito federal. Trata-se de uma alteração na LDO de 2016, que suspendia os concursos federais para este ano. A Lei 13.242/2015 (LDO 2016), deixava claro que só poderiam ser realizados em 2016 os concursos para os quais o edital já estava em andamento. Mas a Lei 13.291/2016, recém publicada, garante a realização de alguns concursos de nível federal, entre eles AFT, AFRFB, PRF, Delegado da Polícia Federal,Agente da Polícia Federal, Escrivão da Polícia Federal e Perito Médico do INSS. Confira:

Art. 1º
Os arts. 2 , 55 e 99 da Lei no 13.242, de 30 de dezembro de 2015, passam a vigorar com as seguintes alterações:
“Art. 99. ……………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………………………
§ 14. Não se aplica o prazo previsto no § 2
o para as pro- posições referentes aos seguintes cargos e carreiras:
I – Cargos de Perito Médico Previdenciário e Supervisor
Médico-Pericial do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS,
de que trata a Lei nº 1.907, de 2 de fevereiro de 2009;
II – Cargos de Analista de Infraestrutura, da Carreira de
Analista de Infraestrutura, e cargo isolado de Especialista em
Infraestrutura Sênior, de que trata o art. 1º da Lei nº 11.539, de 8 de novembro de 2007;
III – Cargos de Analista Técnico de Políticas Sociais, de que
trata a Lei nº 12.094, de 19 de novembro de 2009;
IV – Cargos das Carreiras e do Plano Especial de Cargos do
Departamento Nacional de Infraestrutura de TransportesDNIT,
de que trata a Lei nº 11.171, de 2 de setembro de 2005;
V – Cargos da Carreira de Perito Federal Agrário, de que trata o art. 1º da Lei nº
10.550, de 13 de novembro de 2002;
VI – Cargos de Delegado de Polícia Federal, Perito Criminal
Federal, Escrivão de Polícia Federal, Agente de Polícia Federal e
Papiloscopista Policial Federal, de que trata o artº do Decreto- Lei nº 2.251, de 26 de fevereiro de 1985;
VII – Cargos da Carreira de Policial Rodoviário Federal, de que trata a Lei nº 9.654, de 2 de junho de 1998;
VIII – Cargos de Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil
e Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil, da Carreira de
Auditoria da Receita Federal do Brasil, de que trata o art. 5º da Lei nº 0.593, de 6 de dezembro de 2002;
IX – Cargos da Carreira de Diplomata, da Carreira de Oficial
de Chancelaria e da Carreira de Assistente de Chancelaria, de que trata a Lei nº 11.440, de 29 de dezembro de 2006;
XI – Cargos de Auditor-Fiscal do Trabalho, da Carreira de
Auditoria-Fiscal do Trabalho, de que trata a Lei nº 10.593, de 6 de dezembro de 2002.” (NR).